Tamyres Paulino - 14/04/2014 10h49
Mulher é arrastada por carro em Rio do Sul e motorista se apresenta na delegacia
Uma mulher de 40 anos ficou presa sob uma Saveiro e foi arrastada por cerca de 700 metros no Centro de Rio do Sul, por volta das 3h30min deste domingo.
De acordo com a delegada Karla Miguel, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), a vítima estava em uma moto com placa de Lages que foi atingida por um carro que trafegava pelo Centro. A delegada explica que provavelmente houve um desentendimento entre os condutores dos dois veículos:
_  Um casal vinha na moto quando o motorista do carro veio para cima deles, tentando ultrapassar. O condutor da moto teria questionado o motorista, que jogou o carro para cima da moto.
 
Com a colisão, a mulher caiu da moto e ficou presa embaixo do veículo, entre as rodas dianteiras e traseiras. A delegada relata que o motorista do carro, um jovem de 21 anos, arrastou a mulher por toda a rua Tuiuti e só parou na rua Euclides da Cunha porque um taxista o seguiu e fez sinal para que parasse. O rapaz abandonou o carro e fugiu do local.
 
O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou a mulher ao Hospital Regional do Alto Vale. De acordo com os bombeiros, a vítima teve queimaduras nos braços, nas pernas, nas costas, mas estava consciente. A delegada conta que a mulher chegou a ter os seios mutilados pelo contato do corpo com o asfalto.
 
Por volta das 19h30min deste domingo, o motorista do carro que arrastou a mulher se apresentou na Dpcami de Rio do Sul acompanhado do advogado. Segundo Karla, o motorista deve ser indiciado por tentativa de homicídio. O condutor da moto, de 48 anos, não sofreu ferimentos. Segundo informações da polícia, o casal estava em Rio do Sul para o Motosul, evento com atrações motociclísticas. (Portal: Diário Alto Vale - http://www.diarioaltovale.com.br  
 
Motorista que arrastou mulher em Rio do Sul se apresenta em delegacia
 
O rapaz que arrastou uma mulher sob o carro por cerca de 700 metros no Centro de Rio do Sul se apresentou na noite deste domingo na Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami).
 
De acordo com a delegada Karla Miguel, o rapaz de 21 anos compareceu ao local acompanhado do advogado e chorou muito ao contar do caso. A delegada ainda informou que o rapaz afirmou que não ingeriu bebida alcoólica e que não percebeu que estava arrastando a mulher.  No entanto, o motorista deve responder por tentativa de homicídio:
 
— Não posso tratar este caso como um acidente comum. Devo considerar dolo eventual (que ocorre quando o autor assume risco de cometer dano).
 
Karla informou que o rapaz não ficou detido, uma vez que não houve flagrante. O motorista não permaneceu no local do acidente e a Polícia Militar localizou o carro na casa da família. O motorista e o advogado não foram localizados pela reportagem na noite deste domingo. (Informações Jornal de Santa Catarina).


Comentários: