20/04/2017 14h27
Limpeza urbana e Obras ganham transporte revitalizado
As equipes vão receber ainda orientação constante sobre segurança no trabalho
Com base na orientação do prefeito Victor Coelho, as secretarias municipais de Cachoeiro têm adotado medidas para redução de gastos, que incluem também o uso eficiente dos recursos já disponíveis. Um exemplo desse esforço é a recuperação e regularização de veículos da frota municipal encontrados sucateados e sem licenciamento pela nova gestão, para que possam voltar a circular. 
 
Como resultado desse trabalho, feito pela Secretaria Municipal de Gestão de Transportes (Semtra), na próxima semana mais ônibus serão disponibilizados para atendimento aos servidores de duas secretarias: a de Serviços Urbanos e a de Obras. 
 
Revitalizados, os veículos vão permitir adequação e mais dinâmica na escala de trabalho das equipes, que atuam diariamente em bairros e distritos, em serviços cotidianos como correção asfáltica, varrição, pequenos reparos, poda e capina.
 
“São serviços essenciais para o bom funcionamento e a conservação da cidade e que impactam diretamente na vida do cachoeirense. Também por isso, a Semtra vem se mobilizando para agilizar serviços de manutenção que vão evitar compras sem real necessidade, evitando o excesso de gastos”, destaca o secretário municipal de Gestão de Transportes, Alexandro da Vitoria.
 
No trabalho diário de limpeza urbana e obras, a intenção é de que a logística ganhe mais organização, facilitando o acompanhamento das equipes. Assim, de acordo com a Semtra, os operários passam a ter mais segurança, também no trajeto às comunidades.
 
Conscientização
 
Paralelamente, as três secretarias estão adotando medidas para aumento na segurança dos operários. Obras, Serviços Urbanos e Gestão de Transportes vêm participando de encontros para definir e acompanhar as iniciativas de melhoria, entre elas a contratação, já em andamento, de um técnico em Segurança de Trabalho exclusivo para cuidar desses servidores.
 
Entre os focos do atendimento estarão a evolução gradativa da adoção e qualidade do Equipamento de Proteção Individual (EPI), com coordenação da aplicação do material de segurança; a conscientização do servidor e a fiscalização do transporte aos locais de trabalho.
 
“Desse modo, os servidores que precisam se deslocar com frequência poderão se sentir ainda mais seguros durante o dia, no trajeto e no trabalho nas ruas da cidade. Queremos ainda que esse bem-estar possa contribuir para o resultado cada vez melhor do serviço prestado à população”, avalia o secretário municipal de Serviços Urbanos, Paulo de Miranda.
 
 


Comentários: