Redação - 19/05/2017 11h10
Itapemirim promove Projeto de Prevenção Aquática nas Escolas
O Projeto teve início nesta quarta-feira (17) e visa instruir as crianças com ações preventivas.

 

Com o objetivo de reduzir ainda mais os índices de acidentes aquáticos em piscinas, rios, lagos e praias envolvendo crianças e jovens em idade escolar, a Secretaria Municipal de Defesa Social, em parceria com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa) e com a secretaria de Educação, implantou no município o Projeto de Prevenção de Afogamentos.

O Projeto teve início nesta quarta-feira (17) e visa instruir as crianças com ações preventivas, reduzindo, assim, os índices de afogamento entre crianças e jovens. A faixa etária de 7 a 17 anos representa grande incidência neste tipo de ocorrência. De acordo com o secretário de Defesa Social, Lázaro Contreiro Azevedo, a ideia é contemplar todas as escolas públicas do município. A primeira palestra foi realizada na escola Narciso Araújo, na Sede.

O palestrante do Projeto de Prevenção Aquática nas Escolas é o guarda-vidas da corporação de Itapemirim, Sr. Luciano Messias. Ele está realizando as instruções preventivas nos estabelecimentos públicos da rede municipal, tendo como público alvo estudantes do ensino fundamental. Além de passar os conhecimentos básicos de sobrevivência, é apresentado aos alunos os utensílios que são usados durante o salvamento, assim como a utilização destes.

Para a diretora do Departamento de Defesa Civil, Carla Rogéria Ribeiro, o Projeto de Prevenção Aquática nas Escolas será um grande aliado na redução das ocorrências de afogamento. "Desta forma, acredito que haverá uma redução significativa do número de afogamentos já no próximo verão", ressaltou.



Daniela Viana
Comentários: