Redação - 11/08/2017 11h29
Frente Favela Brasil planeja apresentar-se nas eleições de 2018
Os líderes da nova legenda entregarão no dia 30 de agosto uma solicitação de registro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília

A Frente Favela Brasil planeja apresentar-se nas eleições de 2018, para a qual pedirá seu reconhecimento como partido, baseada em uma plataforma que combina votos e "rebelião".

Os líderes da nova legenda entregarão no dia 30 de agosto uma solicitação de registro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Enquanto isso, os ativistas da Frente Favela coletam assinaturas de apoio em comunidades de todo o país.

Esses locais também contam com cartazes que destoam das imagens usadas na política tradicional, com um jovem negro de rosto coberto e roupa de imperador, ao lado da frase "Favelados, rebelem-se contra sua marginalização".

Um dos fundadores da Frente Favela Brasil é o diretor de cinema Anderson Quack, que desenvolve um trabalho social nas cidades-satélites de Brasília, que historicamente sofrem com a pobreza e a desigualdade no entorno da rica capital federal.

 



Agência ANSA
Comentários: