Redação - 12/09/2017 11h12
Privatização da Eletrobras deve ser concluída em 2018
A intenção do governo de privatizar a estatal que atua no setor elétrico foi anunciada no mês passado

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse nesta terça-feira (12) que a previsão do governo é concluir o processo de privatização da Eletrobras no primeiro semestre de 2018.

"Evidente que sabemos que o tempo é curto mas a nossa expectativa, junto com a Fazenda e a Eletrobras, é concluir o processo [de privatização] no primeiro semestre do ano que vem", disse Coelho Filho, durante entrevista a jornalistas estrangeiros.

A inteção do governo de privatizar a estatal que atua no setor elétrico foi anunciada no mês passado. A Eletrobras passaria a ter um controlador privado mas a União continua acionista da empresa com a possibilidade, inclusive, de uma ação especial com direito a veto, chamada de "golden share."

Emissão de ações

Coelho Filho informou que o processo de privatização deve ser feito por meio da emissão de ações da Eletrobras no mercado. Essa ação geraria dois resultados: a diluição da participação da União na estatal a um percentual abaixo de 50%, fazendo com que o governo deixe de ser o acionista controlador; a arrecadação de recursos pela Eletrobras.

"Se esse movimento não for suficiente para diluir a participação do governo, o governo pode analisar a venda de uma parte das ações", disse o ministro.

 



G1 Globo
Comentários: