Redação - 06/12/2017 11h24
Número de homicídios cresce no Espírito Santo
Estado já teve 1.296 mortes, 220 a mais do que no ano passado
Após sete anos de quedas sucessivas, o número de homicídios no Estado voltou a crescer. Até o último dia 30 de novembro, um mês antes de terminar o ano, já tinham sido registrados 1.296 assassinatos, o que equivale a pelo menos três pessoas mortas por dia. 
No ano passado, até o mesmo período, foram 1.076 casos. Ou seja: em 2017, 220 pessoas a mais perderam suas vidas.
O cenário foi influenciado pela greve dos policiais militares, de 4 a 22 de fevereiro deste ano, quando 219 pessoas morreram. Um mês que fechou com 228 mortes. Foi o período com o maior número de assassinatos, cujos reflexos se fizeram sentir nos meses seguintes.
 
O secretário de Estado da Segurança Pública reconhece que a relação com a Polícia Militar precisa evoluir. “Precisamos de uma tropa motivada e estamos trabalhando para isso”, disse André Garcia, acrescentando que aposta ainda na experiência acumulada nos últimos sete anos de quedas sucessivas para retomar a redução dos assassinatos.
Criminalidade
A liderança na violência ficou com a Região Metropolitana, com 740 casos. 
Já os municípios da Região Sul apresentam, no conjunto, uma queda neste tipo de mortes. Juntos totalizaram 122 casos, contra 127 do ano passado.
 
 
 
 


A Gazeta
Comentários: