Redação Portal Folha do ES - 14/04/2018 10h54
FOTO- Aluno de faculdade é chamado de afeminado
Ele teria ouvido, que ?veado?, não pode fazer curso de urologia

Foto do aluno da UFRJ:

Nesta sexta-feira (13), o estudante de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, Gustavo Henrique Amorim, 25 anos, denunciou práticas homofóbicas em sala de aula.

Ele acusa um professor, que teria dito, para ele ser menos afeminado. Em outro caso, com o mesmo professor, teria ouvido, que “veado”, não pode fazer curso de urologia.

O Diretor da UFRJ,  Roberto Medronho, emitiu uma nota de repúdio, a qualquer, manifestação homofóbica, e instituiu um canal de denúncias anônimas.

O aluno, discursou , na Congregação do Curso, principal reunião da Diretoria, defendendo a criação de uma disciplina específica para o cuidado da LGBTs. Ele disse ainda, que muitos dos médicos, não sabem sequer o que é uma pessoa trans.



Extra on line
Comentários: