Jackson Rangel Vieira - 16/05/2018 00h37 - Atualizado em 16/05/2018 00h57
Vereadores ridicularizam-se
DESFOLHANDO

Vereadores de Cachoeiro de Itapemirim-ES, na sua unanimidade, cometeram o maior ato surrealista que se tem conhecimento no Espírito Santo. Assinaram e enviaram ofício ao prefeito de Vargem Alta, João Altoé, para manifestar indignação sobre posição discricionária do Executivo do Município vizinho. Horror de incongruência assinada.

Os parlamentares dissimularam desconhecer a história da emancipação da cidade serrana de Cachoeiro-ES no anos 80. Imagine os vereadores de Vargem Alta remetendo ofício ao presidente da Câmara cachoeirense protestando contra a criação de dois cargos às escuras e aumento de verba de gabinete, recente? Seria o absurdo do ridículo de ofensa jurisdicional.

Bem, a indignação dos vereadores foi motivada por causa da possível retirada dos trilhos do centro de Vargem Alta-ES, inativos, como um dia aconteceu em Cachoeiro de Itapemirim, pelo então prefeito Theodorico Ferraço.

Só falta os legisladores cachoeirenses mandarem um documento a Donald Trump (EUA) para demonstrar-se ofendidos com sua política de imigração. Os vereadores deveriam cuidar de outras indignações debaixo de seus narizes com atribuições bem específicas dos seus mandatos, legislar e fiscalizar. 



DESFOLHANDO
Comentários: