Folha do ES
Qua, 8 de Abr
HECI Páscoa

Home   Estilo     Culinária


Dieta mediterrânea eleita como a melhor para 2020; Confira o cardápio

Dieta  mediterrânea eleita como a melhor para 2020; Confira o cardápio

Conheça um pouco da dieta onde se come menos carne vermelha, açúcar e gorduras saturadas é boa para a saúde e perder peso.

  Por Redação

  03.janeiro.2020 às 11:07Atualizado em 03.janeiro.2020 às 16:58

E se nas suas resoluções de ano novo está a de comer melhor, saiba que, pelo terceiro ano consecutivo, a revista online US News & World Report, classificou a dieta mediterrânica como a melhor dieta para seguir quando o assunto é a sua saúde e bem-estar. Ela é ainda a mais fácil de seguir, é a melhor para os diabéticos e, também, para os que querem ter uma alimentação à base de vegetais.

A dieta mediterrânica tem como características a menor ingestão de carne vermelha, açúcares e gorduras saturadas e, em contrapartida, consumir mais vegetais, frutos secos e grãos integrais.

Segundo a editora da U.S. News & World Report, para cada objetivo há uma dieta diferente. “Os rankings de melhores dietas para 2020 fornecem aos consumidores as informações e dados necessários para tomar uma decisão informada que os ajude, juntamente com informações de seu médico ou outro profissional médico, a escolher o melhor plano.” Conhecer as diferentes dietas, alinhados aos cuidados de um nutricionista, permite que os interessados possam fazer uma escolha que reflita o seu estilo de vida, bem como as suas preferências.

Cardápio da Dieta Mediterrânea

A seguir está o exemplo de um cardápio de 3 dias da dieta mediterrânea:

Dia 1

Dia 2

Dia 3

Café da manhã

1 copo de leite desnatado + 1 pão integral com ricota + 1 fatia de mamão

vitamina de banana e maçã feita com leite desnatado + 2 colheres de sopa de aveia

Mingau de aveia, feito com 200 ml de leite desnatado + 2 colheres de sopa de flocos de aveia + 1 colher de sopa rasa de cacau em pó

Lanche da manhã

3 torradas integrais + manteiga + 2 castanhas

1 copo de suco verde de couve, limão e cenoura + 3 bolachas tipo Maria ou maizena

1 iogurte natural + 1 colher de chá de chia

Almoço

meia posta de salmão grelhado + 2 batatas cozidas regadas com azeite e brócolis

1 bife de peite de frango grelhado com molho de tomate + 4 colheres de sopa de arroz integral + 2 colheres de sopa de feijão

Macarronada de atum ao molho pesto, utilizando macarrão integral

Lanche da tarde

1 iogurte natural + 1 colher de chá de linhaça + 1 tapioca com queijo light + 1 banana

1 iogurte natural + 1 pão integral com queijo cottage + 6 morangos

1 copo de suco de beterraba, cenoura, gengibre, limão e maçã + 1 pão integral com queijo ricota

Jantar

1 coxa de frango cozida com 2 colheres de ervilha + salada de alface crespa, tomate e cebola roxa + 1 pera

1 bife de peru grelhado + salada de repolho, cenoura ralada e beterraba ralada + 1 fatia de abacaxi

1 omelete feita com 2 ovos + salada de couve refogada com cebola, alho e berinjela + 1 laranja

A dieta mediterrânea, também chamada de dieta do mediterrâneo, é baseada no consumo de alimentos frescos e naturais como azeite, frutas, legumes, cereais, leite e queijo, sendo necessário evitar produtos industrializados como salsicha, comida congelada e bolos em pó.

Essa dieta na verdade é um tipo de alimentação que ajuda a mudar o estilo de vida, e nem sempre precisa ser com poucas calorias para ajudar a emagrecer, pois ela naturalmente melhora o metabolismo e favorece o controle do peso.


Fonte: Tua Saude

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.