Folha do ES
Sáb, 20 de Jul
FESTA NA ROÇA - HECI

.Home     Colunistas     Doutor Beto

Finalmente chegamos a SUS


Doutor Beto

Doutor Beto

Luiz Roberto da Silva, conhecido como Doutor Beto. Médico - Titulo de especialista em Medicina do Trabalho ANAMT/AMB, especialista em Prepctoria de Residencia Medica pelo Hospital Sirio Libanês, Vereador 1997 a 2000, Sub Secretario de Saude Cachoeiro de Itapemirim( 2012 a 2014), Secretario de Saude de Vargem Alta 2018).

Ver todos os artigos

  29.maio.2019

Finalmente chegamos a SUS – Sistema Único de Saúde, assim continuo o desafio de escrever sobre a saúde no Brasil, na minha humilde opinião é o maior e mais complexo sistema de saúde pública do mundo, afinal sua criação proporcionou ao acesso universal ao sistema público de saúde, sem discriminação, rompendo o quadro de discriminação existente no Brasil no que se refere a assistência medica.

O SUS presta serviços simples como medir temperatura corporal, serviços de diagnóstico e tratamento de doenças infecto-contagiosas, assistência farmacêutica, imunizações, vigilância sanitária até transplante de órgãos.

A gestão das ações e dos serviços de saúde deve ser solidária e participativa entre os três entes da Federação: a União, os Estados e os municípios. Portanto a rede que compõe o SUS é ampla e abrange tanto ações quanto os serviços de saúde. Engloba a atenção básica, média e alta complexidade, os serviços urgência e emergência, a atenção hospitalar, as ações e serviços das vigilâncias epidemiológica, sanitária e ambiental e assistência farmacêutica.

O Sistema Único de Saúde(SUS) é composto pelo Ministério da Saúde, Estados e Municípios, conforme determina a Constituição Federal. Cada ente tem suas co-responsabilidades. Tem em seus princípios a base para sua condução: Principio da Universalização: a saúde é um direito de cidadania de todas as pessoas e cabe ao Estado assegurar este direito, sendo que o acesso às ações e serviços deve ser garantido a todas as pessoas, independentemente de sexo, raça, ocupação ou outras características sociais ou pessoais.

Princípio da Equidade: o objetivo desse princípio é diminuir desigualdades. Apesar de todas as pessoas possuírem direito aos serviços, as pessoas não são iguais e, por isso, têm necessidades distintas. Em outras palavras, equidade significa tratar desigualmente os desiguais, investindo mais onde a carência é maior. Principio da Integralidade: este princípio considera as pessoas como um todo, atendendo a todas as suas necessidades.

Para isso, é importante a integração de ações, incluindo a promoção da saúde, a prevenção de doenças, o tratamento e a reabilitação. Juntamente, o princípio de integralidade pressupõe a articulação da saúde com outras políticas públicas, para assegurar uma atuação intersetorial entre as diferentes áreas que tenham repercussão na saúde e qualidade de vida dos indivíduos.

Assim sendo, temos nos SUS – Sistema Único de Saúde garante cobertura para toda a sociedade brasileira em torno de 208 milhões de pessoas segundo informações do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, dados de agosto de 2018.

Comentários Facebook


Enquete


Em relação aos primeiros seis meses de Governo Renato Casagrande (ES), você:

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.