Folha do ES
Sáb, 19 de Jun
Receitas

.Home     Colunistas     José Roberto Padilha

Ao vivo, não tem preço


José Roberto Padilha

José Roberto Padilha

José Roberto Padilha, jornalista, cronista, escritor, técnico de futebol e ex-jogador de futebol profissional, com passagens pelo Fluminense, Flamengo e Santa Cruz de Recife.

Ver todos os artigos

  07.maio.2021

Pareço aquele velho pregador a rondar os sonhos e as paixões dos meus meninos que amam o futebol. Sempre digo a eles: "Que pena que vocês não viram o Pelé jogar!"

Porque, depois dele, cada grande jogador alcançou um pouquinho de um dos seus fundamentos. E nós tivemos o privilégio de ter um monstro em campo que dominava a todos.

Cristiano Ronaldo deu sua bicicleta, Ronaldinho Gaúcho seus dribles curtos, Zico bateu as faltas que batia e Fred foi ao segundo andar, de olho aberto, encontrar a bola no ponto mais alto de sua curvatura.

Ronaldo Fenômeno repetiu suas arrancadas, a canhota de Rivelino sua pancada de pé esquerdo e Gabigol dá uma paradinha para cobrar o pênalti que ele inventou.

Como lamento que minha prole tenha vindo depois de sua volta de despedida. Só lhes resta comprar o PlayStation de última geração e no frio quarto que acolhe cada pandemia, esperar que a tecnologia coloque em campo um ser parecido.

Perda de tempo. Pelé, como Ayrton Senna, Eder Jofre, Hortênsia, Robert Scheid, Gustavo Borges, Robson Caetano, Mequinho, João do Pulo, Oscar, entre poucos, são exceções que venceram o descaso com que nosso país trata o esporte.

Sem autódromo, campos de pelada, projetos sócias de vôlei, basquete, natação que modifiquem esse quadro, só nos resta o baú do esporte.

Porque fui alugar "Pelé Eterno" e um neto disse: é o melhor filme de ficção científica que já vi!

Talvez tenha razão, tanta ruindade em campo que não dá para acreditar que existiu um jogador, de carne e osso, que tenha ealizado algo assim.

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.