Folha do ES
Ter, 21 de Mai

.Home     Colunistas     Padre Ezequiel Pozzo

Aprender com as adversidades e fracassos


Padre Ezequiel Pozzo

Padre Ezequiel Pozzo

Sacerdote do clero secular da Diocese de Caxias do Sul (RS), atuou na paróquia Santa Fé, em Caxias, e no Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha. Desde 2014, reside no Seminário Nossa Senhora Aparecida, em Caxias.

Ver todos os artigos

  02.maio.2019

Cada experiência de derrota ou de fracasso contém uma semente para um bem maior. Pensar que a vida pode transcorrer sem o fracasso, sem a adversidade, não é enxergar de forma correta.

No filme “Amor além da vida” um dos personagens diz que às vezes quando a gente perde a gente ganha. A vida, no seu tempo, nos mostrará, se assim quisermos enxergar, que ganhamos com aquela experiência. A moeda tem sempre dois lados. A adversidade traz a perda e o ganho, porque a vida é uma construção inacabada. Aprender com tudo, acertar o erro, dar um passo atrás para tomar impulso e ir adiante. Essa é a chance que a vida nos dá continuamente. Pensar que na adversidade só perdemos é não perceber a dinâmica da evolução própria da vida.

Cada grande líder foi tomado por dificuldades e encontrou derrotas temporárias antes de alcançar seus objetivos. De Jesus a Thomas Edson, que fez mais de dez mil testes antes de ter sucesso com a lâmpada, os homens que mais realizaram foram os que se deparam com formas duradouras de fracasso temporário.

Quando a pessoa passa por um fracasso, percebe que dentro de si existe uma força muito grande, que a impulsiona para outra dimensão. Alguns autores chamam essa força de “outro eu” ou poderíamos chamar de Deus, ou ainda, “novo eu” que nasce precisamente das experiências de adversidades. Essa semente nova, esse “outro eu” nos é dado por Deus, que sustenta todas as coisas e cuida a cada um de nós com muito amor.

Estarão todas as pessoas dispostas em apreender com seus fracassos? Certamente não. Aqueles que estão dispostos a aprender com seus fracassos e lidar com eles, podem esquecer as próprias dificuldades e ainda partirem para ajudar outras pessoas que estejam passando por dificuldades maiores.

Você pode perceber o que lhe rouba o sono atualmente. Tem sentido perder o sono por isso? Provavelmente você atribui muito peso a algo que aqui há algum tempo já não terá força sobre você. Pense na realidade que você deseja para daqui cinco ou dez anos e concentre-se na ação necessária para alcançá-la. A vida oscilará sempre. Não desista daquilo que você acredita, mesmo diante da maior adversidade. Você encontrará nessa situação as sementes para algo muito melhor. Aprender a perder é aprender a ganhar. Deus nos sustenta continuamente nessa construção, basta não desistir.

Comentários Facebook


Enquete


Em 2020 você pretende repetir os votos nos candidatos a vereador e a prefeito?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.