Folha do ES
Qui, 13 de Dez
INSTAGRAM DA FOLHA

.Home     Colunistas     Ricardo Rochael Cypriano

As eleições na OAB


Ricardo Rochael Cypriano

Ricardo Rochael Cypriano

Advogado

Ver todos os artigos

  30.novembro.2018

Neste último dia 28 foram realizadas as eleições da OAB. Minha experiencia no evento foi rica, maravilhosa, feliz e por fim frustrante.

No momento em que cheguei ao local de votação, fui recepcionado por uma jovem advogada, que me chamou pelo nome, com um sorriso em seu rosto que me pareceu a alva da primavera apagando o brilho das últimas estrelas do firmamento.

Uma advogada de aparência irretocável, seu rosto era salpicado de sardas – como anteriormente o descrevi –, usava óculos e me parecia ter saído dos bancos acadêmicos (no decurso da conversa se revelou mestra).Quem me dera ter metade dum reino a ofertar por tanta energia positiva vinda desta pessoa. Quando a perguntei o que posso fazer pela doutora, me respondeu para votar em meu próprio candidato (que no mesmo momento a informei). “Então dê o último apoio a nosso amigo!” retrucou.

Neste interim me aproximei de uma amiga de faculdade, que lembrou-me quando tinha uma pegada pegada diferente e a arrastei por seus cabelos em minha mão a uma audiência. Verdadeiramente uma Valquíria de Wagner! Linda, independente, poderosa como adjetivo todas advogadas que me refiro, mas acima de tudo amiga fiel.

Após enfrentar a fila para as votações, me deparo com a bela entre as demais belas… que me chama por meu nome, me cumprimenta e pergunta como estou. Na mesma hora pedi a votar em meu amigo, colega de faculdade que queria mostrar seu serviço para a classe - como meu ato de último apoio.

Me retirei a minha morada, onde aguardei o resultado das eleições ao som da ária Nessun Dorma, na voz de Luciano Pavarotti. Aflição e ansiedade eram minhas companhias naquele quarto, donde tentava extrair pelo grupo do zap o resultado das eleições.

Grata surpresa ter meu amigo, na subseccional que me representa ser eleito presidente – árdua responsabilidade de representar a classe. Receber a chave da casa das mãos daquele que fez da presidência da subseccional seu ministério não será tarefa fácil.

Por fim no momento de grata emoção, me aventurei a externar de forma técnica que em uma eleição polarizada, dois votos representavam um (aquele da dúvida que resolveu na calçada do colégio eleitoral seu voto). Neste momento tive de reconhecer que em se tratando de futebol, religião e resultado de eleição não se discute de forma pública! Tive a breve percepção de estar discutindo de forma técnica e racional, um erro imperdoável.

Como hoje é outro dia, que a vida siga seu curso e continuemos a buscar a felicidade, esteja ela onde estiver. Pois ela é muito simples, e se não conseguirmos identificá-la, se esvai no meio de nossos dedos sobre de nossas mãos.

Comentários Facebook


As Mais Lidas


Enquete


Qual a sua expectativa sobre o governo de Renato Casagrande no Espírito Santo?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.