Folha do ES
Ter, 17 de Set
NOTA FISCAL SETEMBRO KENNEDY

.Home     Colunistas     Usiel Carneiro de Souza

A PALAVRA DE DEUS


Usiel Carneiro de Souza

Usiel Carneiro de Souza

Usiel Carneiro de Souza Teólogo e Administrador de Empresas

Ver todos os artigos

  25.agosto.2019

“Pois, toda a humanidade é como a relva, e toda a sua glória, como a flor da relva; a relva murcha e cai a sua flor, mas a palavra do Senhor permanece para sempre. Essa é a palavra que lhes foi anunciada.” (1 Pedro 1.24-25)

Uma palavra não nos parece nada concreto. Especialmente neste mundo de tantos enganos, de palavras sem propósito e de palavras com propósitos escusos. Há palavras que são usadas para ocultar, para enganar, para iludir e manipular. Para alguns de nada valem as palavras. Já ouviu o ditado “o que fulano fala não se escreve”? A ideia é: não confie porque as palavras dele não tem valor. Por isso criamos os cartórios. Eles servem para dar consistência às palavras. Eles autenticam as palavras. É assim porque temos graves problemas éticos. Depois de assinar um documento dando nossa palavra, precisamos que um cartório confirme que fomos nós mesmos quem assinamos, e não outro, usando nosso nome. Triste realidade!

Veja o que Pedro escreveu: nós somos transitórios, somos passageiros. Hoje somos, estamos, falamos, agimos, mas amanhã tudo já passou. Já não estamos mais aqui, nossas palavras são esquecidas. Podemos mudar completamente e podemos negar o que escrevemos e assinamos. Mas a palavra de Deus entregue a nós não. Ela permanece para sempre. As gerações passam, os poderosos morrem, as teses, axiomas e teorias humanas envelhecem, são contestadas, superadas, negadas, mas a Palavra de Deus permanece para sempre. E Pedro diz que esta foi a palavra anunciada a seus leitores, entre os quais estamos incluídos. De que Pedro estava falando?

Pedro está falando da revelação que Deus faz de si mesmo. Ele é o mesmo sempre e eternamente. Está falando das verdades que Deus revelou sobre nós, sobre a vida, sobre o propósito de nossa existência. Não importa a época, a Palavra de Deus permanece. Pedro está falando sobre o caminho para nosso relacionamento com Deus, para o perdão dos nossos pecados, para a certeza da vida eterna. Tudo isso aponta para Jesus. Ele é o caminho, a verdade e a vida (Jo 14.6). E Jesus é a primeira, última e definitiva Palavra de Deus a nós (Hb 1.1-4). Nele está a vida e a vida que nele há é a luz de nossa existência (Jo 1.4). Qualquer outra luz é trevas! Quem somos só encontra sentido em quem Ele é. Sem Ele a vida que temos é menos que a vida que fomos criados para desfrutar. Mas, graças a Deus, Sua Palavra nos foi anunciada. Jesus nos foi dado! Podemos crer e viver. Eternamente!

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.