Folha do ES
Sáb, 26 de Set
folha

Home   Estilo     Celebridades


Rede Globo de Televisão processa Boca Rosa em R$ 500 mil e motivo deixa fãs boquiabertos

Rede Globo de Televisão processa Boca Rosa em R$ 500 mil e motivo deixa fãs boquiabertos

  Por João Paulo Rosa

  24.julho.2020 às 09:29Atualizado em 24.julho.2020 às 13:52

A ex-participante do Big Brother Brasil, Bianca Andrade, a Boca Rosa, está sendo processada em R$ 500 mil pela Rede Globo de Televisão. O canal decidiu processar a famosa, por não saber que ela já estava no elenco de outro reality show conhecido. Boca Rosa fez parte do Soltos em Floripa e já havia feito gravações para o produto da Prime Vídeo, quando entrou na casa mais vigiada do país.

Boca Rosa é acusada de violar contrato com Rede Globo e pode ter que indenizar canal em R$ 500 mil

Pela falta da informação, a Rede Globo entende que foi prejudicada e agora quer uma indenização de R$ 500 mil. As informações são do site Notícias da TV, que fez uma matéria sobre o caso nesta sexta-feira, 24 de julho. O caso corre com um processo na 7ª Vara Cível do Rio de Janeiro e, através dele, Bianca Andrade é acusada de não cumprir uma cláusula de exclusividade imposta em seu contrato.

A cláusula obriga o participante, durante o tempo em que for contratado da Globo, de não parecer em um programa concorrente. Bianca Andrade, segundo a Globo, não informou que gravou o reality show para a Amazon, uma das concorrentes do Globoplay no Brasil. O processo diz ainda que o contrato da Globo com Bianca Andrade foi assinado no dia 10 de dezembro, ou seja, um mês antes do programa de confinamento apresentado por Tiago Leifert ter início.

A emissora ficou sabendo da enganação pouco após a eliminação da ex-BBB. Ela deixou a casa no dia 25 de fevereiro. Em 5 de março, ela já participava do programa da concorrência.

“Alguns dias após a eliminação, quando a ré [Bianca] ainda se encontrava obrigada a cumprir obrigações contratuais com a Globo, como a participação em programas, entrevistas, ensaios fotográficos, entre outras, a autora [Globo] teve ciência acerca de grave violação pela influencer das cláusulas contratuais de exclusividade pactuadas pelas partes”, diz o documento.


Fonte: 1news

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.