Folha do ES
Dom, 23 de Fev

Home   Economia     Brasil


Tarifa branca de luz já está em vigor. Veja como economizar

Tarifa branca de luz já está em vigor. Veja como economizar

Novo modelo de medição do consumo de luz elétrica requer adesão por parte do consumidor. Economia pode chegar a 20%.

  Por

  03.janeiro.2020 às 12:27

Atenção consumidores! Já está em vigor desde a última quarta-feira, 1º, a chamada tarifa branca de energia. Anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a ideia é gerar menos gastos e, consequentemente, reduzir o valor na conta de luz do consumidor.

Com chances de redução de até 20%, agora, o cidadão tem a possibilidade de verificar os horários em que a energia fica mais barata, conforme explica a Aneel. A separação dos horários levou em conta os momentos de pico, assim divididos:

  • Horário de ponta: Fim da tarde e início da noite;
  • Horário (Faixa) intermediário (a): De uma hora antes a uma hora depois do horário de ponta;
  • Horário Fora de Ponta: Resto do dia.

Resumindo: Na ponta e intermediário, a utilização da luz elétrica ocasionará em custos mais elevados ao consumidor; já no horário fora de ponta, os custos são bem mais baixos. Para saber os períodos de cada faixa, observe:

  • De 0h às 17h: fora de ponta;
  • Das 17h às 18h: intermediário;
  • Das 18h às 21h: ponta;
  • Das 21h às 22h: intermediário;
  • Das 22h às 24h: fora de ponta.

Saiba como aderir à tarifa branca

Como informa a Aneel, é importante que as pessoas conheçam seu perfil quando o assunto é luz elétrica; principalmente agora que há a possibilidade de consumir mais energia no período de menor pico.

No entanto, para aderir ao novo modelo de medição, o consumidor precisa atender às seguintes exigências:

  • Solicitar com a distribuidora local de energia a troca para o programa “tarifa branca”;
  • Aguardar o período de até 30 dias para a instalação do novo medidor; nesse caso sem custo adicional;
  • Em caso de querer retornar à medição convencional, o consumidor terá de esperar novos 30 dias para que seja refeita a mudança; a partir daí, caso ele opte novamente pela tarifa branca, o prazo para uma nova adesão será ainda maior: 180 dias.

Segundo a Aneel, há uma expectativa com o número de pessoas que optarão pela nova cobrança, sobretudo quando a diferença nos valores finais da conta começarem a ser notados pelos consumidores.


Fonte: Edital Concurso Brasil

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.