Folha do ES
Ter, 14 de Jul
Rádio Cidade

Home   Economia     Espírito Santo


Economia criativa e cultura capixaba são beneficiadas com verbas de Sérgio Vidigal

Economia criativa e cultura capixaba são beneficiadas com verbas de Sérgio Vidigal

  Por Yasmin Silva

  26.maio.2020 às 17:34

A economia criativa é uma série de atividades que resultam em pessoas exercitando a sua imaginação e explorando seu valor econômico, ou seja, negócios feitos a partir da criatividade, com objetivo de gerar emprego e renda.

Em um cenário de mercado com novas possibilidades de atuação e competitivo, a qualificação pode fazer a diferença na hora de estruturar e destacar o seu negócio.

Por isso, o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT-ES) conseguiu o empenho de R$ 300 mil em recursos, do Orçamento Geral da União (OGU) de 2020, para o programa ES+Criativo da Secretaria de Cultura do Estado do Espírito Santo (Secult ES).

“O projeto, que atende principalmente os bairros em vulnerabilidade social, incentiva o exercício da imaginação somado ao valor econômico nos negócios, tudo isso através da realização de cursos de capacitação para empreendedores criativos e culturais”, comentou Sérgio Vidigal.

A verba será para realização de cursos de capacitação para artistas, realizadores, profissionais e demais empreendedores criativos e culturais.

O objetivo é que ao final do curso o profissional possa desenvolver suas competências para alcançar seus objetivos e realizar com eficiência e qualidade as prestações de serviços criativos à sociedade.

Economia Criativa

O objetivo do projeto é realizar capacitação para empreendedores culturais através da Secult-ES dentro do programa ES+Criativo.

Destina-se para micro, pequenos e médios empreendimentos que desenvolvem atividades econômicas criativas. Os cursos são voltados para Elaboração e Gestão de Projetos Culturais, Planos de Negócios, Marketing Digital e para o trabalho nos setores da Economia Criativa.

O projeto vai contribuir para a profissionalização e maior qualificação dos serviços e empreendimentos culturais e criativos no estado.

Com mais profissionais qualificados e mais negócios estruturados, a cultura e a economia criativa local é valorizada, gerando mais emprego e renda para a população.


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.