Folha do ES
Ter, 28 de Set
HECI

Home   Economia     Espírito Santo


Prefeitura de Conceição do Castelo economiza e quer se modernizar

Prefeitura de Conceição do Castelo economiza e quer se modernizar

Após economia de R$ 1 milhão, Conceição do Castelo prepara oferta de mais de 60 serviços digitais para o cidadão

  Por Julia Mothé

  15.julho.2021 às 12:57

Depois de economizar mais de 135 mil papéis e mais de R$ 1 milhão com automatização de processos internos, material de escritório, transporte e armazenamento de documentos, a prefeitura de Conceição do Castelo agora avança na modernização. Até o final do ano, mais de 60 serviços serão ofertados para o cidadão de forma digital.

A gestão municipal instituiu o chamado Escritório de Processos e Inovação, que elabora e delibera as ações do governo digital para acelerar a transformação digital da cidade no sul do Estado. O objetivo da comissão, que atuará no executivo municipal com profissionais multidisciplinares, é mapear e estimular a criação e disponibilização dos serviços públicos da cidade pela internet.

A proposta é que até o final de 2021 o cidadão possa, de forma online, solicitar uma dezena de demandas, como: solicitação de taxa de licenciamento, pedidos de licitação, cancelamento de nota fiscal, análise de água, alterações cadastrais, certidão de habite-se, dentre outros.

Segundo Fernando Tanaka, CEO da Essencial Gestão Pública e responsável por implementar o sistema de gerenciamento de processos (BPMS) no município, cada passo rumo à transformação digital,além de agilizar os trabalhos dos servidores, gera uma economia significativa com a automatização dos processos e procedimentos de governo.

“Com a implantação do software de gestão orientada a processos integrada com a gestão eletrônica de documentos, umas das principais economias foi na interrupção da impressão de papéis, uma vez que temos até hoje um aproximado de mais de 135 mil folhas economizadas, além das demandas de transporte e armazenamento físico desses papéis. Estima-se uma redução nos mais de R$1 milhão em gastos durante os dois anos de projeto”, destaca.

Já é possível consultar todos os processos e documentos digitalizados no município por meio do Portal do Cidadão, no próprio site da prefeitura. Outros serviços que já estão disponíveis aos munícipes são autenticidade e assinatura eletrônica de documentos – essenciais em tempos pandêmicos.

‘É gratificante fazer parte de um projeto de transformação como esse. Acompanhar do início, contemplar a evolução, proporcionar desempenho e eficácia para o negócio. Viver isso diariamente, tendo um retorno positivo tanto de servidores como dos cidadãos que já tiveram a oportunidade de utilizar o sistema externo é de grande motivação para continuarmos buscando sempre o melhor para o município”, finaliza Tanaka.


Fonte: Folha do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.