Folha do ES
Ter, 20 de Ago

Home     Economia


Comunidades da foz vão participar de expedição ao Nordeste para fortalecer turismo

 Comunidades da foz vão participar de expedição  ao Nordeste para fortalecer turismo

Ação do Sebrae vai possibilitar a troca de experiência e ampliar visão de mercado com viagem a cidades do Maranhão e Piauí

  Por Redação

  06.maio.2019 às 10:04Atualizado em 06.maio.2019 às 10:25

Moradores das comunidades de Povoação e Regência, em Linhares, no Espírito Santo, vão participar de uma expedição para o Nordeste do Brasil, entre os dias 20 a 25 de maio. O objetivo dessa ação é fortalecer a atividade turística em suas respectivas regiões, por meio da troca de experiência.

A expedição é uma proposta de ação para os comércios locais, promovida pelo Sebrae-ES (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo), em parceria com a Fundação Renova.

Ao todo, 15 comerciantes, pescadores e artesãos das comunidades participarão da expedição a Barreirinhas, no Maranhão, e Parnaíba, no Piauí. Eles serão acompanhados de representantes do Sebrae, do governo do Espírito Santo, da Prefeitura de Linhares e da Fundação Renova.

Os destinos foram escolhidos por suas características geográficas, como proximidade com o mar e o rio, e potencialidades de fomento ao turismo. Com a viagem, o grupo de Linhares vai adquirir conhecimento e ampliar a visão de mercado.

A gerente da Unidade de Atendimento do Sebrae-ES, Janine Chamom, afirma que o objetivo principal das visitas é apresentar aos empreendedores capixabas não só um resultado bem-sucedido, mas o caminho que levou às conquistas. "Conhecer experiências bem-sucedidas é importante para trazer boas referências ao empresário, mas o objetivo vai além de verificar o que está pronto: trata-se de acompanhar o percurso. Avaliar e perceber o que precisou ser feito para que alcançassem êxito", diz Janine.

Para Kadio Serge Aristide, analista de Programas Socioeconômicos da Fundação Renova, a expedição também possibilitará aos participantes uma troca de experiências sobre intervenções construtivas, ambientais e paisagísticas.

"Com a expedição, os participantes poderão implementar as inovações observadas para o fortalecimento do turismo local, como um vetor de desenvolvimento socioeconômico e sustentável", diz Kadio Aristide.

Ao final da expedição, os participantes farão uma apresentação para as suas comunidades sobre a troca de experiências, atualização do conhecimento e a reflexão quanto à necessidade de se implementar boas práticas.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da Barragem de Fundão com transparência, legitimidade e senso de urgência.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.


Fonte: Fundação Renova 

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.