Folha do ES
Qua, 8 de Abr
HECI Páscoa

Home   Editorial     Opinião


Prefeito de Linhares com a vergonha no colo

Prefeito de Linhares com a vergonha no colo

A bomba está no colo de Guerino Zanon (MDB). Ele tem o poder de veto. A população aguarda a decisão do Chefe do Executivo

  Por Redação

  06.novembro.2019 às 11:01Atualizado em 06.novembro.2019 às 14:26

Um projeto vergonhoso se encontra na mesa do prefeito de Linhares-ES, Guerino Zanon (MDB), para sanção ou veto. Trata-se do aumento do número de vereadores aprovado pela Câmara Municipal de 13 para 17 parlamentares na próxima Legislatura.

A matéria é escandalosa - pode até ser legal - porque o Brasil passa por grande dificuldade de ajuste e penúria financeira, com a necessidade da diminuição do tamanho do Estado. Na contramão, o Município linharense está prestes a ser dispendioso e oneroso às custas do contribuinte.

Existe movimento da sociedade nas redes sociais para o prefeito vetar a proposição. Resta saber se Guerino vai buscar o caminho fisiologista para fazer média política com vistas à reeleição ou se será estatista para frear a sangria do erário. O desgaste já está posto. E o tiro pode sair pela culatra com a desesperança do povo brasileiro e linharense.

Apelo de internautas ao prefeito de Linhares-ES

Em breve, a população ficará informada se o "Rei" ficará Nu" ou se ouvirá a voz do povo.

ENTENDA O CASO:

Com 11 votos a favor e um contra, o projeto de Lei que aumenta o número de vereadores em Linhares para a próxima Legislatura foi aprovado na sessão ordinária desta segunda-feira (04/11), na Câmara.

O número de vereadores que é de 13 passará para 17 a partir de 2021, ou seja, já vale para as eleições municipais do ano que vem. O número de vereadores aumenta, mas, de acordo com o projeto aprovado, a quantidade de assessores diminui, caindo de 12 para 7.

As vagas serão ocupadas de acordo com o grau de escolaridade dos servidores. Serão três assessores com ensino superior, dois com ensino médio e dois com apenas o ensino fundamental.

O projeto prevê ainda o aumento na remuneração dos vereadores. Os salários serão reajustados com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

De acordo com informações do presidente da Câmara de Vereadores de Linhares, Ricardo Bonomo de Vasconcelos, o Ricardinho da Farmácia, o legislativo municipal terá uma economia de R$ 2,5 milhões.

A constituição brasileira permite o número de até 21 vereadores para uma cidade com mais de 150 mil habitantes, que é o caso de Linhares.


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


As Mais Lidas Opinião


Enquete


Em qual desses candidatos você votaria para Presidente da República em 2022?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.