Folha do ES
Dom, 27 de Nov
Receitas cofril

Home   Estilo     Entretenimento


A Casa do Dragão tenta manter legado de Game of Thrones

A Casa do Dragão tenta manter legado de Game of Thrones

A produção estreia neste domingo (21/8), a partir das 22h, na HBO e na HBO Max

  Por Redação

  21.agosto.2022 às 13:44

Três anos após um final agridoce (por assim dizer), o universo de Game of Thrones retorna à televisão: neste domingo (21/8), às 22h, na HBO e na HBO Max, estreia A Casa do Dragão, spin-off de uma das séries mais famosas da história recente da TV.

A Casa do Dragão terá 10 episódios, que serão lançados semanalmente, se passam no mesmo universo que consagrou (mesmo com aquele final) personagens como Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), Jon Snow (Kit Harington) e Tyrion Lannister (Peter Dinklage). Porém, não se iluda: nenhum deles aparecerá em A Casa do Dragão.

A nova série, na verdade, se passa centenas de anos antes dos eventos mostrados em Game of Thrones e narra os momentos de ascenção e declínio da casa Targaryen – os antepassados de Daenerys. Em especial, um episódio conhecido como A Dança dos Dragões: uma guerra fraticída que terminou com muitos mortos e uma dinastia enfraquecida.

Porém, os elementos que fizeram o público gostar de Game of Thrones estarão presentes: a fantasia medieval, os conflitos e a violência das guerras. Este último terá destaque. Segundo Daniel D’Addario, da revista Variety, o novo seriado traz batalhas sangrentas com os dragões que estão no título.

Os conchavos políticos ficarão em torno da disputa entre Rhaenyra Targaryen, filha do rei Viserys, e Alicent Hightower, mãe dos filhos mais novos do monarca. A batalha seguirá em conflitos por terra e ar e prometem momentos mais sangrentos do que os vistos na série original.

A Casa do Dragão é baseada no livro Fogo e Sangue, de George R.R. Martin – que também atua como co-criador da série da HBO. Na obra, o autor escreve a história da casa Targaryen como se fosse contada por um mestre, em um trabalho descritivo da Westeros construída pelos Dragões.

Duelo de fantasias

A Casa do Dragão é uma das três séries de fantasia mais aguardadas de 2022. A primeira, que estreou em 5 de agosto, foi Sandman, da Netflix. Em setembro, o Amazon Prime Video coloca no ar O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder.

As três produções, que remontam a obras muito populares, também testará a força das três plataformas de streaming, principalmente, em um momento de incerteza da HBO Max por conta da fusão com a Discovery.

O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder foi anunciada como a série mais cara já realizada na história. Sandman tornou-se a produção mais vista da Netflix desde o lançamento.

Em entrevista a The Hollywood Reporter, o showrunner Ryan J. Condal confirmou que A Casa do Dragão pode definir qual será a relação da Warner com as histórias derivadas de Game of Thrones – outras cinco produções ligadas As Crônicas de Gelo e Fogo foram anunciadas como “em desenvolvimento” pelo estúdio.

“É uma responsabilidade muito grande porque eu acredito que o sucesso da série vai ditar o quão funda será a exploração desse universo. Eu acredito que exista muito interesse em ver outros cantos desse mundo, mas acho que tudo isso dependerá vigorosamente do sucesso comercial de A Casa do Dragão”, falou.

A preocupação de Condal faz sentido: recentemente, a Warner cancelou projetos que já estavam em estágios avançados, como o filme Batgirl, que estava finalizado e tinha orçamento de US$ 90 milhões.


Fonte: Metrópoles

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.