Folha do ES
Qui, 27 de Fev

Home   Esporte     Espírito Santo


Estrela do Norte com motivos para comemorar seus 104 anos

Estrela do Norte com motivos para comemorar seus 104 anos

Hoje (16), o Estrela do Norte F. C. completa 104 anos de existência. Confira o depoimento do presidente do time.

  Por Redação

  16.janeiro.2020 às 09:51Atualizado em 16.janeiro.2020 às 10:26

O Estrela do Norte foi fundado em 16 de janeiro de 1916 e é um dos principais clubes do futebol Capixaba, com sede própria em Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo.

Perto de fechar seus 4 anos como presidente do Estrela, Everton Miranda Treggia, conta emocionado para a nossa equipe sobre sua trajetória no time.

“É muito satisfatório, para mim, que sou torcedor desde criança, ver essa evolução da equipe no decorrer dos últimos 3 anos. E, chegar amanhã e ter o que comemorar”, pontua.

Ele relatou as conquistas recentes com projetos sociais, parcerias em campanhas de doação de sangue e a animação da equipe para essa temporada em busca do título.

Ewerton Miranda ressalta que antes da sua gestão o time estava desacreditado, que a torcida estava desanimada, que eles estavam contando com poucos recursos e, que mesmo assim, ele acreditou que o Estrela conseguiria se destacar na última temporada.

Ele finalizou com um pedido: “que as futuras gestões deem continuidade ao trabalho feito” no resgate do time e do clube. E, principalmente, que apoiem se tornando sócio torcedor.

"Parabéns meu Estrela do Norte, Parabéns nosso Estrela do Norte. Me orgulho de ter sido escolhido por Deus para ser o presidente Campeão. Obrigado Estrela do Norte", comemora Adilson Conti, ex-presidente que deixou sua marca história.


Títulos e conquistas importantes

Campeonato Capixaba 2014 Vice-campeonato Capixaba: 1987, 2003, 2004, 2005 e 2006 Copa Espírito Santo: 2003, 2004 e 2005 Campeonato Capixaba 2ª Divisão: 1996 e 1999 Vice-campeonato Capixaba 2ª Divisão: 2010, 2012


A HISTÓRIA

O Estrela do Norte Futebol Clube foi fundado em 16 de janeiro de 1916 por Laurentino Lugon, Mário Sampaio, Orlando Nunes, Amphilófio Braga, João Viana, Estulano Braga, Deusdedit Cruz, Fernando Reis e Francisco Penedo, próximo ao Colégio Liceu Muniz Freire, Zona Norte de Cachoeiro de Itapemirim. A principal inspiração do time foi o Botafogo, do Rio de Janeiro, o que é notável no desenho do primeiro escudo e uniformes quase idênticos ao do clube carioca.

O primeiro presidente do clube foi Francisco Penedo, e a primeira sede do Estrela do Norte era onde hoje é localizado o Tiro de Guerra, em Ibitiquara, bairro de Cachoeiro de Itapemirim. O primeiro campo era o pátio do Liceu Muniz Freire, e por ser localizado na parte norte de Cachoeiro, o time foi batizado de Estrela do Norte. E na década de 30, o clube transferiu seu campo para o Bairro do Sumaré, onde está até hoje.

E um ano após a mudança de campo, o clube fez vários amistosos com equipes capixabas em sua casa, sendo uma delas o Santo Antônio Futebol Clube. E nesses amistosos foram onde a estrela do Clube brilhou mais, apresentando um bom rendimento.

Na década de 60, foi o período em que o Estrela mais competiu. O Clube disputou o estadual em 64, 65, 66, 68 e 69, apresentando boas colocações em 1965 e 1966 com o 4º lugar geral, ficando atrás somente da Desportiva, Vitória e Rio Branco, o conhecido “Trio de Ferro” que dominava o futebol capixaba na época. Neste período foi o tempo em que o Estrela era considerada a melhor equipe do interior.

Após competir no estadual de 1971, o Estrela do Norte retornou aos campos em 1977, sendo este o período em que mais competiu em campeonatos sulinos e competições amadoras. Neste mesmo período que o time enfrentou a lenda do futebol brasileiro, Garrincha.

Em 2005, o Estrela do Norte fez um dos seus maiores feitos, jogando pela primeira vez a Copa São Paulo de Futebol Júnior e derrotou a equipe do São Paulo Futebol Clube com um placar de 2×1. E em 2012, o Estrela conquistou o vice-campeonato da Série B, alcançando uma vaga na primeira divisão do futebol capixaba em 2013. E neste jogo, mais de 5000 torcedores do Estrela do Norte assistiram ao jogo de perto, batendo o recorde de presença no futebol capixaba em 2012. Isso provou que a torcida estrelense é mais apaixonada e fanática do estado.

HINO

Ô Estrela, Ô Estrela É o clube do meu coração Quando há jogo, pega fogo Na torcida do meu campeão

Alvi-negro preferido De vitória em vitória se fez Pega a bola, leva a bola, chuta a bola, não dá bola Vence um, vence dois, vence três

Brilham, também os refletores Sua cores, suas cores Ele, é tradição do esporte Como é forte, como é forte O meu Estrela do Norte.

Autor do Hino do Estrela do Norte Futebol Clube: Raul Sampaio


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.