Folha do ES
Qua, 30 de Set

Home   Estilo     Bem Estar


Bons hábitos atrasam em até 10 anos câncer e doenças do coração

Bons hábitos atrasam em até 10 anos câncer e doenças do coração

A partir da análise de dados, pesquisadores estimaram quanto tempo às boas práticas acrescentam à vida das pessoas

  Por Redação

  14.janeiro.2020 às 16:57

Uma pesquisa publicada na plataforma de informações médicas BMJ mostra que o estilo de vida saudável pode garantir dez anos a mais sem doenças para as mulheres e sete anos a mais, para os homens.

A partir da análise de bases de dados que, juntas, reúnem informações de saúde dos últimos 20 anos de 111 mil indivíduos, os pesquisadores não só comprovaram que tumores e doenças do coração tardam mais a aparecer em pessoas que cultivavam hábitos saudáveis como estimaram quanto tempos as boas práticas acrescentam à vida.

Um dos autores do trabalho, Frank Hu, da Escola de Saúde Pública de Harvard, ressaltou a importância do achado: “É uma mensagem positiva para as pessoas: melhorando seus hábitos cotidianos, elas podem ganhar não apenas mais anos de vida, mas bons anos, com qualidade.”

No caso das mulheres, os resultados mostraram que as mulheres enquadradas na definição de saudáveis viveram em média 34 anos sem o surgimento de câncer, problemas cardiovasculares, como ataque cardíaco ou derrame, e diabetes tipo 2 — dez anos a mais do que as mulheres que estavam fora desse grupo. Segundo os mesmos critérios, os homens com hábitos considerados saudáveis viveram 31 anos em média livres dessas doenças, sete anos a mais do que os contemporâneos que não se encaixavam.

O câncer, as doenças cardiovasculares e o diabetes tipo 2 são as doenças mais prevalentes na velhice e também estão entre as que possuem maior relação com os hábitos dos pacientes


Fonte: Metrópoles

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.