Folha do ES
Sex, 21 de Fev
CARNAVAL GOVERNO

Home   Estilo     Bem Estar


Acne problema que atinge adolescentes e adultos – como evitá-las

Acne problema que atinge adolescentes e adultos – como evitá-las

Quando não tratado corretamente na adolescência, problema pode se estender para a fase adulta

  Por Redação

  04.fevereiro.2020 às 10:04

A acne é um problema que atinge mais de 90% dos adolescentes, no entanto, os adultos não estão livres dela. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a acne atinge 56,4% da população adulta. Além disso, é o motivo que mais leva pessoas a buscarem tratamentos de pele.

A acne é uma lesão causada pela produção excessiva de sebo, vinda da glândula sebácea.

Esse acúmulo de oleosidade acaba obstruindo os poros, aumentando a quantidade de bactérias, o que resulta em cravos. Quando eles inflamam, é chamado de espinhas. A pele oleosa tem uma produção maior de sebo, por isso, é o tipo de pele que mais costuma sofrer com o surgimento de acnes, pois, seus poros são mais dilatados, apresentando um aspecto brilhante e úmido.

Devido a puberdade estar acontecendo cada vez mais precocemente, esse processo tem iniciado mais cedo, dos 09 aos 15 anos, e é justamente nessa fase que o aparecimento de acnes se torna mais comum. Adélia Mendonça lembra que, no entanto, os cuidados básicos são os mesmo para qualquer idade. Além disso, há adultos que não cuidaram das acnes na adolescência, então, o processo se estendeu até a fase adulta, por não ter tido o procedimento correto.

Cuidados diários

Adélia Mendonça, especialista em dermocosméticos, aponta que para evitar acnes, a higienização diária é muito importante. "Ela irá eliminar o excesso de oleosidade, desobstruir os poros e evitar que as sujidades fiquem acumuladas, prevenindo o aparecimento de acnes. Outro cuidado importante é a hidratação. Quando a pele precisa ser hidratada, ela acaba produzindo mais sebo para que haja a hidratação natural da pele, que, por fim, gera também o indesejável aparecimento de acnes. Por isso, o uso de hidratante, ao contrário do que muitos pensam, é importante para evitá-las, pois irá hidratar a pele, deixando-a nutrida e impedindo o excesso de oleosidade", esclarece.

A especialista ainda ressalta que o hidratante deve ser oil free, específico para este tipo de pele. Também deve ter o equilíbrio da emulsão do manto hidrolipídico proteico, o que é importante para manter uma pele mais saudável.

Adélia Mendonça também lembra da importância de usar produtos adequados para as acnes. "Eles terão em sua formulação ativos eficazes para combater as acnes e evitar sequelas".


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.