Folha do ES
Dom, 31 de Mai
Cofril 02

Home   Estilo     Bem Estar


Isolamento pode desregular o ciclo menstrual; Saiba como evitar

Isolamento pode desregular o ciclo menstrual; Saiba como evitar

Ginecologista explica os efeitos do momento atual na menstruação e ensina o que fazer para reduzir os sintomas da TPM

  Por Yasmin Silva

  18.maio.2020 às 20:08

Ansiedade, dificuldade para dormir, alterações no humor e compulsão por doces ou comidas gordurosas. Dos inúmeros sintomas da TPM (tensão pré-menstrual), esses são os mais vivenciados pelas mulheres. No contexto atual, em que uma pandemia mundial revela uma série de inseguranças, a ocorrência desses indicativos se intensificou e, por consequência, afetou diretamente o ciclo menstrual, deixando tudo desregulado.

Isso acontece porque o sistema límbico, responsável por alterar as emoções, fica próximo à região do cérebro encarregada de liberar os hormônios femininos. “Qualquer mudança emocional muito grande acaba por ocasionar alterações hormonais que impactam diretamente na menstruação e intensificam a TPM”, explica a ginecologista Marli Yamamoto.

Cumprir o isolamento social em casa é diferente de estar de férias, e o corpo sente isso. A mudança drástica na rotina de muitas mulheres não as impediram de, ainda assim, continuar a viver jornadas duplas ou triplas de trabalho: cuidar dos filhos em tempo integral, trabalhar em home office e lidar com os afazeres domésticos - quando não há um companheiro parceiro dentro de casa ou quando ela vive a quarentena sozinha.

Desta forma, manter uma boa qualidade de sono, uma alimentação saudável e uma rotina de atividades físicas, o que Yamamoto chama de tripé contra a TPM, ficou difícil.

A orientação da ginecologista é a de tentar seguir uma rotina com um ritmo parecido com o que tinha antes. “É importante evitar estímulos eletrônicos antes de dormir, evitar consumir alimentos à base de cafeína e passar a consumir mais legumes e verduras, o que ajuda, também, em um bom hábito intestinal”, explica.

As plataformas de vídeos online são boas aliadas para quem quer praticar atividades físicas sem precisar burlar a quarentena. “Dá para fazer uma caminhada dentro de casa, uma série de dez a quinze minutos, tem que ser criativa. Se estiver ansiosa, assista a um vídeo aula de yoga ou alongamento. Se sentir que está engordando, tenta um aeróbico, liberar endorfina ajuda muito a controlar os sintomas da TPM”, aconselha.

Para tentar controlar os hormônios e fazer com que eles se harmonizem, a dica da médica é a de investir no óleo de prímula, que também pode ser encontrado em cápsulas e ainda atua de forma positiva no organismo das mulheres que estão prestes a entrar na menopausa.


Fonte: Hysa Conrado, do R7

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.