Folha do ES
Seg, 1 de Mar

Home     Estilo


Pedra do Caramba, em Cachoeiro, passa a ser roteiro religioso

Pedra do Caramba, em Cachoeiro, passa a ser roteiro religioso

  Por Julia F Mothe

  28.dezembro.2020 às 09:21Atualizado em 28.dezembro.2020 às 10:25

A Pedra do Caramba, ponto turístico de Cachoeiro de Itapemirim, tornou-se um local de caminhada religiosa. A primeira ocorreu no início deste mês, com uma missa no cume da montanha, e a meta dos organizadores é fazer o caminho anualmente.

Com 712 metros de altitude, a Pedra do Caramba está situada nas proximidades do bairro São Geraldo. Recebeu o nome de um antigo morador, Sebastião Venceslau, mais conhecido como Caramba e vem sendo procurado para caminhadas.

A caminhada do dia 5 de dezembro foi organizada pela Paróquia Santíssimo Sacramento da Eucaristia, do bairro Paraiso, e reuniu cerca de 20 jovens.

A missa foi conduzida pelo pároco Arlindo Toneta, 70 anos, mostrou disposição, sendo um dos primeiros a chegar ao topo.

No alto da montanha, há uma imagem do Cristo Redentor e também uma capelinha em homenagem à Nossa Senhora da Penha.

A primeira caminhada religiosa foi organizada para celebrar o Ano Missionário Jovem e para comemorar os 40 anos de sacerdócio e 70 anos de idade do padre Arlindo Toneta, segundo o coordenador paroquial Daniel Domingos de Almeida.

“Foram momentos de benção e alegria. Nossa meta é organizar a caminhada anualmente até o topo da montanha”, disse Daniel.

A caminhada é puxada. Segundo o vendedor Viana Boreli, 49 anos, que ajudou a conduzir o grupo, a trilha tem 3,5 quilômetros de caminhada com grau de dificuldade elevado.

A capelinha existente no topo da Pedra do Caramba foi instalada por Viana e alguns amigos, para atender a um pedido de seu falecido tio, Sebastião Arruda. A imagem da santa foi doada por um amigo de Vila Velha.

“Meu tio disse que o sonho dele era uma capelinha no alto da montanha. Era muito religioso e respeitado na comunidade. Ele não conseguia mais caminhar. Então, nos mobilizamos para realizar a vontade dele”, ressaltou Viana.


Fonte: Dia a dia ES

 

Comentários Facebook


Enquete


Você é a favor do tratamento precoce com Ivermectina?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.