Folha do ES
Qui, 8 de Dez
32 ANOS DA FOLHA DO ES

Home   Geral     Espírito Santo


ES: Pitbull se solta de corrente e ataca vendedor ambulante em Guarapari

ES: Pitbull se solta de corrente e ataca vendedor ambulante em Guarapari

Caso foi nesta terça-feira (20), no bairro Kubitschek. Vítima, que vende coco, foi autorizada pelos donos a entrar no quintal, mas acabou atacada pelo animal e teve ferimentos no rosto e nas pernas.

  Por redação - HF

  22.setembro.2022 às 14:25

Um vendedor ambulante ficou ferido no rosto e nas pernas após ser atacado por um cão da raça pitbull, dentro do quintal de uma casa, no bairro Kubitschek, em Guarapari, na Grande Vitória. O caso foi registrado nesta terça-feira (20).

De acordo com a Polícia Militar, uma mulher relatou que compartilhava, com parentes, o quintal que dá acesso a três residências diferentes, e que naquele momento um homem havia chegado no local para vender coco, tendo sido autorizada a entrada dele no quintal.

Foi nesse momento, segundo a PM, que o cachorro de seu irmão teria se soltado da corrente e atacado o vendedor ambulante.

A irmã do vendedor, Katilene da Silva, contou à TV Gazeta nesta quinta-feira (22) que, ele já frequentava o quintal onde foi atacado e também recebeu a informação que o irmão foi autorizado a entrar no local no dia do ataque.

"Sempre ele está limpando o quintal pra eles, para o dono do cachorro, o cunhado do dono do cachorro. Então, ele está acostumado a entrar lá", disse Katilene.

O Corpo de Bombeiros informou que o homem foi atendido com lesões na boca, braço e perna.

O tutor do animal, Josué Cabral, falou com os policiais militares no dia do ataque que o cão é dócil.

"Questionado, o tutor informou aos militares que o cão seria dócil, mas atingiu o homem que chegou no local com uma faca grande na mão e um cachimbo", informou a PM.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Guarapari, de onde já recebeu alta.

O dono do animal foi encaminhado à Delegacia Regional de Guarapari e liberado após prestar depoimento.

Nesta quinta-feira ele disse que Rogério entrou no local sem autorização e pode ter assustado o cão.

"O Rogério entrou à noite com um saco, uma faca grande, cabo branco e entrou sem chamar já sabendo que tem cachorro", disse Josué.

A Policia Civil informou que até o momento não há representação do crime, porque o crime de lesão corporal depende de representação criminal. Disse ainda que "concomitante, a Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Guarapari irá oficiar a Zoonoses para que seja feita a análise do animal".

A irmã do vendedor de coco contou que ele segue em casa se recuperando dos ferimentos.

"Ele ficou em casa, mas está com a mão inchada. Ele está com o braço, a boca inchada, a perna e a coxa um pouco inchadas", disse Katilene.


Fonte: G1

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.