Folha do ES
Sáb, 26 de Set
folha

Home   Geral     Mundo


Microsoft quer comprar o TikTok

Microsoft quer comprar o TikTok

Satya Nadella quer comprar a popular app.

  Por Ujheverson Raimundo

  03.agosto.2020 às 16:16

A Microsoft está a tentar comprar o TikTok, uma das mais populares aplicações mobile da actualidade, que tem estado debaixo de imensa controvérsia devido a preocupações em torno do uso dos dados que recolhe.

A aplicação permite aos seus utilizadores partilhar vídeos e durante a pandemia COVID-19, tornou-se ainda mais popular. No entanto, nos Estados Unidos da América, surgiram críticas que poderá ser vista como uma ameaça à segurança do país.

A chinesa ByteDance é a responsável pelo TikTok e os governantes dos Estados Unidos acreditam que está a ser usada para recolher informação sensível e não autorizada dos dispositivos dos seus donos. Esta é a base para um iminente decreto que pretende banir a aplicação nos Estados Unidos.

Segundo avançado pela CNN, a Microsoft está a tentar comprar o TikTok à ByteDance e está a conversar com o gabinete de Donald Trump para tentar gerir toda a situação. A Microsoft quer assegurar que o negócio pode seguir em frente e não será comprometido por uma possível lei do governo que banirá o serviço.

Ao adquirir o TikTok, a Microsoft assegura que passaria a guardar todas as informações dos utilizadores dos Estados Unidos em servidores localizados nos Estados Unidos, afastando-as do alcance que o governo chinês tem sobre as empresas chinesas. Isto é algo que preocupa o governo dos EUA.

A Microsoft diz que isto permitiria aos utilizadores do TikTok continuar a desfrutar do serviço, sabendo que estão protegidos por uma segurança de classe mundial, privacidade e protecção de dados.

No entanto, os responsáveis pela ByteDance acreditam no potencial do TikTok e na sua globalização, algo que poderá contrariar as expectativas de um negócio com a Microsoft.

De uma forma totalmente inesperada, o TikTok poderá tornar-se numa das vítimas da tensão entre os Estados Unidos e a China.


Fonte: eurogamer

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.