Folha do ES
Qua, 20 de Jan
Cofril

Home   Geral     Mundo


EXCLUSIVO: Jovem preso no Catar não sofre pena de morte e família explica

EXCLUSIVO: Jovem preso no Catar não sofre pena de morte e família explica

  Por Natan Rodrigues

  02.dezembro.2020 às 17:14Atualizado em 02.dezembro.2020 às 18:14

A família do capixaba Ioanys José Goobl Alvarenga, de 26 anos, um dos jovens detidos com drogas no Catar, conversou com o repórter Natan Rodrigues e contou quais foram os próximos passos dados desde janeiro -quando ele foi preso-, até hoje.

Logo que o trio foi preso, depois de serem abordados cada um com cerca de três quilos de drogas quando desceram no aeroporto de Doha, no Catar, a imprensa noticiou que os jovens poderiam ser condenados à morte por tráfico de drogas. A polícia encontrou cocaína nas malas dos três jovens (dois capixabas e uma paranaense).

Segundo a polícia os pacotes de cocaína, estavam escondidos no fundo falsa das malas. Os três brasileiros seguiam de Guarulhos em São Paulo, para a Tailândia.

A família de Ioanys conversou com nossa reportagem e disse que o jovem está bem e não será condenado à morte. Disse ainda que na última semana ele ligou para um familiar e contou que foi condenado há três anos de prisão, mas que faz um trabalho voluntário e isso ajudará a diminuir a pena. Se reduzir a condenação ele poderá ser extraditado para o Brasil.


Fonte: Folha do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.