Folha do ES
Qui, 8 de Dez
32 ANOS DA FOLHA DO ES

Home   Judiciário     Brasil


Mulher diz que foi forçada a tatuar iniciais de empresário: “Monstro”

Mulher diz que foi forçada a tatuar iniciais de empresário: “Monstro”

Pelo menos 15 mulheres contaram que foram agredidas fisicamente, verbalmente ou sexualmente por Thiago Antonio Brennand, de 42 anos

  Por Redação LD

  05.setembro.2022 às 15:35

Uma das vítimas do empresário Thiago Antônio Brennand, de 42 anos, contou ao programa Fantástico, da rede Globo, que foi mantida em cárcere privado e acabou sendo forçada a fazer uma tatuagem com as iniciais do agressor.

A mulher, que não teve sua identidade divulgada, disse que foi agredida e teve um vídeo íntimo seu divulgado sem consentimento.

No fim de agosto, o empresário Thiago Antônio Brennand, de 42 anos, foi acusado de perseguir e ameaçar uma atriz em uma academia de ginástica de luxo em São Paulo. Após a divulgação do caso, outras mulheres entraram em contato com a empresária Helena Gomes.

“Eu sinto muito pelo que aconteceu com ela (a atriz). Mas se não fosse isso, ninguém ia ter prova visível de que ele é violento. Então, graças a ela, eu pude falar: ‘aconteceu comigo, vão acreditar em mim’”, declarou a mulher forçada a fazer a tatuagem.

Cárcere privado

Segundo a vítima, que mora fora do Brasil, ela tinha uma viagem marcada para visitar os pais, em Recife, em agosto do ano passado. Contudo, antes de chegar à capital do estado de Pernambuco, Thiago convidou ela para ir visitá-lo.

A mulher contou ao Fantástico que o primeiro dia com o empresário foi ótimo, mas no segundo ele tomou o seu celular e a agrediu.

Após a agressão, Thiago se trancou em seu quarto com o aparelho desbloqueado. De acordo com a mulher, ela teria gritado pedindo o seu celular de volta quando voltou a ser agredida pelo empresário.

“Ele saiu do quarto dele e falou: ‘nenhuma mulher que está comigo grita desse jeito’. E começou a me bater de novo. E aí foi quando ele me levou para o quarto dele. E aí começou a fazer o ato mesmo, forçado ali”, afirma.

Tatuagem

De acordo com a vítima, no terceiro dia os dois saíram para jantar em São Paulo e ela pensou em pedir ajuda. “Quando eu levantei, ele me puxou, e falou assim: ‘você não pensa em abrir a sua matraca para ninguém’. Eu voltei e sentei. E voltamos para casa”.

Após sair do restaurante, o empresário afirmou que teria uma “surpresa” esperando pela mulher na casa dela. “Quando nós chegamos, já estava o tatuador lá com tudo montado, montando as coisas”, relembra.

Quando chegou na residência, Thiago mandou a moça baixar a blusa e declarou que ela era sua propriedade e que iria ficar marcada.

De acordo com a vítima, tinha dois funcionários, tatuador e massagista no local: “Todo mundo conivente, presenciando eu chorando, deitada no sofá, sendo obrigada a fazer uma tatuagem, e ninguém fez absolutamente nada”. “Ninguém se pronuncia na frente deste homem, cara. Isso não é uma pessoa, isso não é um humano, isso é um monstro”, conta.

Quando a moça estava sendo tatuada com as iniciais do nome do empresário “TVP”, uma funcionária da casa passou mal e foi levada até o ambulatório dentro do condomínio pelo empresário.

“Foi o momento que eu peguei meu telefone, liguei para o meu irmão e falei: ‘pelo amor de Deus, chama a polícia que eu vou morrer”, relembra.

Quando a polícia chegou ao condomínio do empresário, Thiago teria obrigado a mulher a fugir com ele e foi deixada no aeroporto com uma passagem comprada para ela embarcar imediatamente para a casa de seus pais, em Recife.

Já em Recife, a mulher recebeu diversos áudios do empresário com ameaças, além do vazamento de um vídeo íntimo dos dois.

Ao Fantástico, a defesa do empresário afirmou, por meio de nota, que ele “jamais forçou suas parceiras a terem relações sem o uso de preservativo, respeitando estritamente os limites estabelecidos por elas e agindo sempre com seu consentimento”.


Fonte: Metrópoles

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.