Folha do ES
Qui, 4 de Jun
HOSPITAL EVANGÉLICO PRONTO ATENDIMENTO

Home   Judiciário     Espírito Santo


MPF proíbe presença de pessoas em celebrações religiosas

MPF proíbe presença de pessoas em celebrações religiosas

Única exceção seria em relação às pessoas estritamente necessárias à realização do ato, bem como às indispensáveis para transmissão do evento pelas mídias sociais

  Por Redação

  04.abril.2020 às 08:10Atualizado em 04.abril.2020 às 08:36

O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) recomendou ao governador do Estado, Renato Casagrande, que proíba a presença de pessoas em celebrações religiosas. A exceção vale somente para aquelas pessoas necessárias para a realização do ato, bem como as indispensáveis para a transmissão do evento pelas mídias sociais (rádio, televisão, internet).

A recomendação, assinada pela procuradora Regional dos Direitos do Cidadão, Elisandra de Oliveira Olímpio, e pelo procurador-chefe do MPF/ES, Edmar Gomes Machado, faz-se necessária considerando que o Ministério Público Federal tem recebido denúncias de que uma série de cultos religiosos continuam sendo realizados, ainda no período de isolamento, com a presença de diversos participantes.

Além disso, um dos óbitos em decorrência da covid-19 no Estado é uma pessoa suspeita de participar de culto religioso dentro do período de possível incubação do vírus. E há notícias de que outras pessoas também estariam contaminadas.

O MPF/ES deu prazo de 24 horas, contados do recebimento da notificação, para o Governo do ES informar o acatamento da recomendação e as medidas a serem adotadas para o seu cumprimento.

Procedimento Administrativo nº 1.17.000.000642/2020-16.


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.