Folha do ES
Qua, 20 de Nov
LEIA PESQUISA

Home     Judiciário


Justiça libera R$ 300 mil para Nassau reativar atividades

Justiça libera R$ 300 mil para Nassau reativar atividades

A liberação do montante, entretanto, não garante o funcionamento pelo grau de depreciação do maquinário e não cita garantias das indenizações trabalhistas

  Por Jackson Rangel Vieira

  22.novembro.2018 às 12:08Atualizado em 22.novembro.2018 às 12:38

A Justiça Regional do Trabalho, 2ª Vara do Trabalho da 17ª Região, com sede em Cachoeiro de Itapemirim-ES, liberou montante de R$ 300 mil com objetivo, segundo despacho, para reativar o funcionamento da Fábrica Nassau de Monte Líbano, a pedido da direção da Indústria Agro-Industrial que fechou recentemente suas atividades com grande passivo trabalhista.

Do total, o juiz Geovanni Antonio Diniz Guerra liberou cerca de R$ 184 mil para pagar alguns fornecedores e R$ 30 mil para o que chamou de pequenas compras. Entretanto, as garantias são mínimas com esse valor fazer a fábrica funcionar em decorrência do sucateamento dos maquinários da Fábrica desativada.

Sobre o passivo trabalhista, a ordem judicial não faz menção. Nos bastidores, existe uma disputa entre os herdeiros da Indústria Nassau no Brasil, o que, também, contribuiu para a falência das unidades da fábrica.

Uma parte dos bens, em Cachoeiro de Itapemirim-ES, estão sendo adquiridos ou em fase de finalização de aquisição pelo Grupo Carone de Supermercados, área do antigo campo do Ouro Branco.

DESPACHO


Fonte: folhadoes.com

 

Apesar da Justiça oportunizar reabertura da Fábrica Nassau, em Cachoeiro de Itapemirim-ES, a maioria dos equipamentos está sucateado. O passivo dos trabalhistas continua sem solução.

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.