Folha do ES
Sex, 24 de Mai
DETRAN

Home   Polícia     Brasil


Em quase 200 anos de história, PM tem 1º policial trans

Em quase 200 anos de história, PM tem 1º policial trans

O soldado Emanoel Henrique Lunardi Ferreira entrou na corporação de SP em 2016, quando ainda era mulher, e pediu mudança de nome

  Por Redação

  18.abril.2019 às 15:16Atualizado em 18.abril.2019 às 15:58

Pela primeira vez nos seus quase 200 anos de história, a Polícia Militar de São Paulo conta com um policial transexual.

O soldado Emanoel Henrique Lunardi Ferreira trabalha em Ituverava, na região de Ribeirão Preto, a 420 km da capital paulista. A informação é do site G1.

O PM entrou na corporação quando ainda era mulher, em 2016. Dois anos depois, em 2018, a Polícia Militar reconheceu ele como homem.

“Eu entrei como mulher. Eu não sabia das questões transgênero. Eu não sabia sobre transição, nada a respeito. Então eu não sabia que era trans”, afirmou o policial ao portal.

De acordo com a reportagem, ainda em 2016, o soldado procurou ajuda psicológica, porque ficava incomodado com o corpo de mulher. Durante a terapia acabou se descobrindo transexual.

No ano seguinte, Henrique passou a exigir ser tratado pelo gênero masculino. Depois pediu à PM para mudar o nome. O psicólogo militar ouviu o policial e concordou em mudar os registros, o que demorou quase um ano para acontecer.


Fonte: Folha de São Paulo

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.