Folha do ES
Dom, 23 de Fev

Home   Polícia     Brasil


Família que reencontrou parentes após 30 anos, morre em acidente

Família que reencontrou parentes após 30 anos, morre em acidente

Érika Cristina de Araújo, 38, condutora do carro, e os outros quatro ocupantes do veículo morreram

  Por Redação

  15.janeiro.2020 às 11:35Atualizado em 15.janeiro.2020 às 11:45

Na madrugada do último domingo (12) por volta das 4h30, o carro conduzido por Érika Cristina de Araújo, 38, colidiu de frente com um caminhão na BR-116, em Itaobim (MG), Ela, o marido e as três filhas morreram. O outro motorista não se feriu.

Eles eram moradores do bairro Bom Retiro, na periferia de Paulínia, O marido - Afonso da Silva Gomes, 48 era de Manaíra (PB) e veio para São Paulo quando tinha 18 anos. Havia 30, não visitava os parentes no Nordeste. O último encontro foi justamente antes do acidente fatal.

Fernando Faria, irmão de Érika:

"Eles postaram fotos em todos os locais onde passaram. Ela estava fazendo todas as paradas, o carro estava revisado. Eles até trocaram os pneus saindo da Paraíba, porque ela disse para nossa mãe que queria fazer uma viagem segura de volta",

Érika, Afonso e uma filha morreram no local do acidente. Outras duas crianças foram levadas com vida para o Hospital, em Itaobim. A jovem de 18 anos morreu poucos minutos depois de dar entrada na unidade. A de 15 deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu aos ferimentos.

Não houve velório. Os caixões lacrados foram sepultados um a um, depois de uma rápida cerimônia, com a presença de familiares e amigos. A chegada ao Cemitério

A Prefeitura de Paulínia decretou luto oficial de três dias pela morte da família

A Polícia ainda investiga as causas do acidente.

Érika com o marido Afonso, e as três filhas do casal


Fonte: Uol

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.