Folha do ES
Qua, 12 de Ago
30 anos da FOLHA DO ES

Home   Polícia     Brasil


Menino de 4 anos é assassinado durante sua festa de aniversário

Menino de 4 anos é assassinado durante sua festa de aniversário

O pequeno Enzo chegou a ouvir os convidados cantarem parabéns, mas, logo depois, foi morto com um tiro

  Por Yasmin Silva

  09.junho.2020 às 13:27

Enzo, de apenas 4 anos, morreu após ser baleado durante sua festa de aniversário nesse domingo (07/06), em Piabetá, na Baixada Fluminense (RJ). O menino foi atingido com um tiro no peito durante a comemoração, e o autor do disparo, que participava do evento, foi preso em flagrante.

De acordo com a polícia, o suspeito é Pedro Vinícius de Souza Pedidor, de 21 anos, que entrou na casa da família com outros convidados. A polícia investiga se a arma que estava com o suspeito teria disparado acidentalmente.

Enzo chegou a ouvir os convidados cantarem parabéns, mas, logo depois, foi atingido pelo tiro de revólver na frente de todos, inclusive das crianças, que estavam no local.

O G1 divulgou que o pai de Enzo gravou um áudio em que dizia: “O meu filho estava completando 4 anos de idade, feliz da vida com a festinha do Hulk dele. Ele já estava há um mês perguntando: minha festa é amanhã? Minha festa é amanhã?”.

arma


Desenrolar do caso

Enzo foi atingido com um tiro no peito durante a comemoração, e o autor do disparo, que participava do evento, foi preso em flagrante.

Pedro alegou aos policiais que o tiro foi acidental, que a arma caiu no chão e então a bala atingiu o menino.

Em depoimento, no entanto, a mãe de Enzo disse que ouviu uma discussão de Pedro Vinícius com as crianças e que logo depois ouviu o barulho do tiro. Já o pai do menino, afirma veementemente que o suspeito teria disparado contra Enzo ao abraçá-lo.

Até o momento, Pedro Vinícius de Souza responde por porte ilegal de arma e homicídio culposo, sem intenção de matar.


Pai do menino detalha crime

Douglas dos Santos, pai de Enzo, revelou que o filho estava extremamente feliz com sua festa de aniversário com tema do personagem Hulk. O menino estaria há dias ansioso, perguntando quando seria sua festa. "Ai, meu Deus, que dor!", lamentou Douglas. Segundo Santos, Pedro Vinícius teria disparado contra Enzo ao abraçá-lo: "Simplesmente, ele abraçou o meu filho e deu um tiro, no peito dele, assim, desse jeito".

O pai do menino afirmou que sua esposa e sua irmã teriam levado o filho ao hospital enquanto ele detinha o suspeito.

Douglas dos Santos revelou que perguntava a Pedro Vinícius a todo momento sobre o motivo que o teia levado a disparar contra seu filho. A polícia segue investigando três versões. Segundo o autor, a arma teria disparado acidentalmente ao cair no chão, vindo a atingir o menino.


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.