Folha do ES
Seg, 18 de Jan
Cofril

Home   Polícia     Brasil


Motorista de app ficou de joelhos e levou três tiros na nuca: “Covardia”, diz delegado

Motorista de app ficou de joelhos e levou três tiros na nuca: “Covardia”, diz delegado

Dupla planejava roubar a vítima, mas não queria deixar pistas. Por isso, o homem preso e o adolescente apreendido decidiram executar o homem

  Por Leandro Bettecher

  03.dezembro.2020 às 16:41

Os autores do latrocínio – roubo seguido de morte – que vitimou motorista de aplicativo Roosevelt Albuquerque da Silva (foto principal), 31 anos, deram detalhes da ação criminosa aos policiais da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho). A vítima foi obrigada a ficar de joelhos antes de ser atingida por três disparos de arma de fogo, todos na nuca. Hudson Maldonado, delegado do caso, resume o crime como “covardia e barbárie”.

Duas pessoas foram detidas: Whallyson Maicon Lima, 22 anos (foto abaixo) e um adolescente. “Foram três disparos na nuca. O maior ordenou que a vítima se ajoelhasse quando de forma covarde atirou na nuca exatamente porque o calibre 22 é menos potente e, acertando na nuca, ele sabia que ali não tinha a calota craniana e haveria a perfuração. Então, com três tiros na nuca, a vítima ficou caída no local”, detalhou o delegado-chefe da 13ª DP.

Veja o vídeo:


Fonte: Metrópoles

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.