Folha do ES
Sex, 7 de Ago
30 anos da FOLHA DO ES

Home   Polícia     Espírito Santo


“Tio” diz em depoimento que tinha caso com garota estrangulada até a morte em Cachoeiro/ES

“Tio” diz em depoimento que tinha caso com garota estrangulada até a morte em Cachoeiro/ES

  Por Redação

  16.julho.2020 às 15:34

Rubinei Oinhas de Almeida, 27 anos, o homem que foi preso na quarta-feira (15), suspeito de matar estrangulada Thayná Eleutério Feuchard, 20 anos, no Bairro Monte Líbano, Cachoeiro/ES, disse que mantinha um relacionamento amoroso, com a garota, há mais ou menos 3 meses.

Thayná foi encontrada morta, na noite do dia 11/06/2020, às margens do Rio Itapemirim, nua. O homem, é companheiro da irmã do pai de Thayná, considerado como “tio” e morava perto da casa dos pais da garota. No corpo haviam lesões, que podem apontar morte por estrangulamento.

A mãe de Thayná, disse que nunca existiu um relacionamento entre a filha e o acusado.

Eliane Eleutério disse: “Mentira! Isso nunca existiu. Não tem lógica. Apesar dele morar próximo, tanto ela, quanto ele, só mantinham contato quando ele, que trabalhava com corridas clandestinas, prestava serviço pra ela, ou para mim. As vezes ela, ou eu, precisava ir à rua, ou na casa de uma amiga, e pedíamos que ele nos levasse, apenas isso”.

Os pais acreditam que na noite do dia 9/06/2020, quando Thayná saiu por volta das 22h00, para ir em um evento no Bairro Gilson Carone, e Rubinei tenha oferecido carona à menina e em determinado momento, tenha tentado agarrá-la e a estuprado.

Os exames ainda são aguardados, mas a menina foi encontrada sem roupa e família disse que ele inventou a história, para não ser acusado de estupro.

Thayná, tem uma filha e um irmão de 5 anos.


Fonte: Olha agora

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.