Folha do ES
Seg, 8 de Mar

Home   Polícia     Espírito Santo


Adolescente de 16 anos é morto por advogado

Adolescente de 16 anos é morto por advogado

De acordo com informações da Polícia Militar, o adolescente e um outro homem estavam assaltando uma mulher na altura do bairro Civit II quando o advogado, que passava pelo local, presenciou a situação e disparou contra os suspeitos

  Por Leandro Bettecher

  16.janeiro.2021 às 09:13

Um adolescente de 16 anos foi morto com um tiro na cabeça disparado por um advogado no final da tarde desta sexta-feira (15), no bairro Civit II, no município da Serra, na Grande Vitória.

Segundo informações dos policiais militares que atenderam à ocorrência no local, a vítima e um outro homem estavam assaltando uma mulher quando foram interrompidos pelo advogado, que também passava pelo local e pensou que seria alvo do assalto.

O crime aconteceu pouco antes das 18 horas em meio ao trânsito da Avenida Talma Rodrigues Ribeiro, na altura do bairro Civit II, próximo a um cemitério. De acordo com a polícia, uma mulher tentava atravessar a pista quando foi abordada por dois suspeitos, que usavam em uma motocicleta. Entre eles, estava o adolescente de 16 anos, que portava uma arma falsa.

Nesse momento, o advogado, que passava pelo local em uma caminhonete, viu a ação dos suspeitos. Achando que seria alvo do assalto, ele atirou contra a dupla. O adolescente, que estava na garupa da motocicleta, foi atingido por um dos disparos e morreu no local.

A vítima foi identificada apenas pelo nome de Celino. Ele seria morador do bairro Vila Nova de Colares, também na Serra, e já possuía passagens na Justiça por outros atos infracionais, que não foram detalhados. O corpo do jovem foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML), em Vitória.

Adolescente de 16 anos, que morreu após ser baleado por advogado, foi identificado como Celino. — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Adolescente de 16 anos, que morreu após ser baleado por advogado, foi identificado como Celino. — Foto: Reprodução/TV Gazeta

O outro suspeito do assalto, de 26 anos, não foi baleado, mas acabou sendo rendido. Ele foi preso, pois, além da tentativa de assalto contra a mulher, já possuía um mandado de prisão em aberto. A Polícia Civil informou que ele foi autuado em flagrante por roubo e encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

Ainda segundo a polícia, o advogado que efetuou os disparos, cujo nome não foi revelado, possui porte de arma. Ele e a mulher que sofreu a tentativa de assalto não quiseram comentar o fato. Os dois foram levados para a Delegacia Regional da Serra.

De acordo com a Polícia Civil, o advogado foi ouvido e liberado. O caso foi registrado como tentativa de roubo com morte do agente.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES) também foi procurada pelo G1, mas não havia se posicionado sobre o caso até a última atualização desta notícia.


Fonte: G1

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.