Folha do ES
Sex, 7 de Ago
30 anos da FOLHA DO ES

Home     Polícia


Homem que fraudava auxílio emergencial é preso em flagrante

Homem que fraudava auxílio emergencial é preso em flagrante

Na casa do suspeito, foram apreendidos mais R$ 27 mil e cartões magnéticos

  Por Yasmin Silva

  03.julho.2020 às 14:29Atualizado em 03.julho.2020 às 14:39

A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta quinta-feira (2), em uma agência da Caixa Econômica Federal em Várzea Paulista, um homem que vinha sacando indevida e sistematicamente valores pagos pelo programa do Auxílio Emergencial.

O homem, com 41 anos e com registro de prisão em 2013 por furto tentado, ao ser preso em flagrante delito logo após sacar valores em caixa de autoatendimento, portava aproximadamente R$ 2,7 mil e diversos cartões magnéticos em branco, com anotações de data para saques programados.

A investigação da Polícia Federal, que permitiu a identificação e prisão nesta data, iniciou-se há 30 dias com informações oriundas da própria Caixa Econômica Federal, que detectou saques irregulares em algumas agências e com o apoio fundamental da Guarda Civil Municipal de Jundiaí.

Em busca realizada na casa do preso, com autorização da Justiça Federal de Jundiaí, foram encontrados e apreendidos mais R$ 27 mil e mais cartões magnéticos, além de notebook e aparelho celular.

Confesso, o homem afirmou que os valores encontrados em sua posse e na sua casa correspondem à remuneração criminosa pela sua tarefa de saque, correspondendo a apenas 20% do valor total fraudado, mas não indicou outros integrantes do grupo.

No momento da prisão, o homem havia sacado valores indevidos pagos a título de seguro-desemprego.

Recolhido ao sistema prisional, o homem vai responder pelo crime de estelionato majorado, cuja pena pode chegar a quase 7 anos de prisão.

O inquérito policial prosseguirá por mais 15 dias analisando as informações, especialmente para identificar eventuais outros envolvidos na fraude.

A Polícia Federal orienta que, caso a pessoa tenha notícia de fraude em seu benefício, procure a agência da Caixa Econômica Federal para contestar o recebimento. A própria Caixa comunicará a contestação à Polícia Federal.


Fonte: São Mateus News

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.