Folha do ES
Sáb, 19 de Jun
Receitas

Home     Polícia


Polícia prende mãe de menino de 3 anos que morreu após espancamento

Polícia prende mãe de menino de 3 anos que morreu após espancamento

As investigações apontavam que a mãe teria espancado a criança até a morte na última segunda-feira (10)

  Por Redação

  11.maio.2021 às 15:54Atualizado em 11.maio.2021 às 16:30

A Polícia Civil prendeu no início da manhã desta terça-feira, 11, a mãe de Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, que morreu após ter sido encontrado com marcas de espancamento no apartamento da família na Bela Vista, no centro de São Paulo. As informações são do portal G1.

A mãe do menino prestou depoimento na 1º Delegacia de Defesa da Mulher, no Cambuci, no início da madrugada desta terça-feira, por volta da meia-noite. Às 5h30 foi levada para o 89ºDP, no Portal do Morumbi, onde há uma carceragem feminina. A polícia não divulgou o que ela disse no depoimento.

As investigações apontavam que a mãe do menino teria agredido o próprio filho até a morte na última segunda-feira, 10. Ele foi socorrido para a Santa Casa de São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos. O Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado informa que Gael foi encontrado desacordado na cozinha pela tia-avó, próximo à mãe.

Quando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local, o menino estava em parada cardiorrespiratória. No caminho para o hospital, a equipe de saúde tentou reanima-lo, mas assim que chegou à unidade de saúde a morte dele foi constatada.

O próprio Samu acionou a Polícia Militar (PM) e informou que a mãe do menino teria passado por um surto psicótico. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo disse que a mãe foi encontrada em estado de choque. Ela foi encaminhada ao Hospital do Mandaqui, na Zona Norte, para ser medicada.


Fonte: O Dia

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.