Folha do ES
Dom, 9 de Mai
Receitas

Home   Política     Brasil


PSOL quer investigação contra Eduardo Bolsonaro por declaração sobre El Salvador

PSOL quer investigação contra Eduardo Bolsonaro por declaração sobre El Salvador

Os parlamentares pedem que o caso seja incluído nos inquéritos sobre os atos antidemocráticos e das fake news, que o STF já investiga

  Por Julia F Mothé

  03.maio.2021 às 17:40

A bancada do PSOL na Câmara dos Deputados vai entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar as declarações do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) de concordância com a destituição de juízes da Suprema Corte de El Salvador. Os parlamentares pedem que o caso seja incluído nos inquéritos sobre os atos antidemocráticos e das fake news, que o STF já investiga.

No sábado, dia 1º, o novo Congresso de El Salvador votou pela destituição de cinco juízes da Câmara Constitucional da Suprema Corte. No domingo (3), o filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, publicou no Twitter que "o Congresso destituiu todos os ministros da Suprema Corte por interferirem no Executivo, tudo constitucional". "Juízes julgam casos, se quiserem ditar políticas que saíam às ruas para se elegerem", acrescentou.

Para a deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS), a declaração de Eduardo é "gravíssima". Em sua avaliação, o deputado "segue demonstrando seu autoritarismo e a ideologia que toda a família do presidente segue". "Não é a primeira vez que ele realiza declarações com esse tom. Não aceitaremos ameaças às liberdades democráticas", afirma Fernanda.

De acordo com a petição, a declaração de Eduardo Bolsonaro estimula um atentado contra as instituições brasileiras e o desrespeito ao princípio da moralidade e da prevalência do respeito aos direitos humanos nas relações internacionais do País, assegurados pela Constituição Federal.

Os deputados também solicitam que o STF encaminhe o pedido ao Procurador Geral da República, Augusto Aras, para que Eduardo Bolsonaro seja denunciado pela prática de crimes comuns ocorridos com a declaração de improbidade administrativa, além da imediata tomada de depoimento do deputado.


Fonte: Notícias ao Minuto

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.