Folha do ES
Qui, 4 de Mar

Home   Política     Denúncia


OAB reage ao pedido de inquérito do ministro da Justiça contra jornalistas

OAB reage ao pedido de inquérito do ministro da Justiça contra jornalistas

Anúncio de André Mendonça foi em resposta a artigo de Ruy Castro na Folha.

  Por Jackson Rangel Vieira

  12.janeiro.2021 às 19:00Atualizado em 12.janeiro.2021 às 20:15

O caso da FOLHAES que sofre abuso de autoridade no Espírito Santo através da máquina estatal é análogo ao processo montado impetrado via a procuradoria-geral e Chefia da Polícia Civil.

A intenção de inquérito policial é de fechar o jornal que comemora este ano 30 anos de serviços prestados aos capixabas e perseguição implacável ao jornalista Jackson Rangel Vieira que atua há 40 anos como jornalista investigativo.

RECORTE

"Mais uma atitude deste governo de intimidação da imprensa e contra a liberdade de expressão", afirmou o Observatório da Liberdade de Imprensa da OAB após o ministro da Justiça André Mendonça ter dito que vai pedir a abertura de inquérito contra jornalistas que "instigaram dois Presidentes da República a suicidar-se". O observatório foi criado na gestão de Felipe Santa Cruz e é liderado pelo advogado Pierpaolo Cruz Bottini.

No Twitter, Mendonça fez referência aos jornalistas Ruy Castro - que em artigo na Folha de S.Paulo sugeriu a Donald Trump o suicídio como saída política para a crise que atravessa nos EUA e que Bolsonaro poderia imitar o presidente americano - e Ricardo Noblat, que compartilhou trecho do texto.

Segundo a nota da Ordem, "criminalizar opiniões, parábolas ou críticas ao governante não é admissível dentro do Estado de Direito". "Goste-se ou não dos artigos, é preciso maturidade democrática para conviver com críticas."


Fonte: Folha do ES/Site Migalhas

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.