Folha do ES
Sáb, 17 de Abr
Receitas

Home   Política     Denúncia


Casagrande mente, decreta lockdown; e revolta capixabas

Casagrande mente, decreta lockdown; e revolta capixabas

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), até há três meses anunciava que o sistema de saúde estava estabilizado. Mentia.

  Por Jackson Rangel Vieira

  16.março.2021 às 21:11Atualizado em 17.março.2021 às 00:51

O governador Renato Casagrande (PSB), hoje, 19, ao decretar o lockdown por duas semanas sob o argumento de salvar vidas como no ano passado, revelou-se mentiroso sobre o combate ao Covid-19, revoltando os capixabas, em especial, os trabalhadores e setores produtivos.

Em vários atos e cenas são possíveis identificar a narrativa embusteira. A pandemia para o socialista gerou uma indústria milionária de contratos emergenciais - sem licitação - como pretexto para uma farra cruel de usurpação do erário em detrimento de vidas que poderiam ser salvas.

ATOS

No ano passado, quando decretou bloqueio total, o governador tentou locar R$ 5 milhões em tendas, mas denunciado, recuou sem se sentir impune já adquirindo álcool e gel de uma empresa suspeita do Rio de Janeiro. Sem mencionar a empresa não especializada que levou R$ 4,5 milhões para desinfectar terminais da Grande Vitória. Ações paliativas, porém superfaturadas.

Adiantando o filme para o leitor, em janeiro, para mostrar um sistema de saúde eficiente, assessorado pelo Secretário da Saúde, Nésio Fernandes, recepcionou 30 pacientes do Amazonas que trouxeram a variante do vírus conhecida como P1. Mentiu para demonstrar grandeza de uma governança inexistente na área.

Mas, recentemente, há 1 semana, anuncia sua pré-candidatura a Presidente da República, tema que saiu do ar porque virou chacota entre os capixabas. Ora, um presidenciável capixaba na primeira manifestação pró-bolsonaro grava vídeo dizendo que sua mãe havia sido agredida verbalmente. Mentira. Os vídeos e lives não acusaram nenhuma ofensa à sua matriarca.

Da noite para o dia, após reunião com os governadores de oposição ao Governo Federal, o território capixaba vermelhou de infecção de alto risco, sem leitos, sem hospitais de campanhas e pessoas morrendo nas filas das Unidades de Saúdes. Hospitais falidos e sucateados. Resultado das mentiras sobre estar cuidando das vidas da sociedade espiritossantense.

Com o lockdown veio o desvendamento das mentiras de um governador que se dizia de diálogo na sua campanha eleitoral e que seus eleitores esperavam fosse ele um estadista. Entretanto, o que se vê é um governante que mente, mente e mente.

Se quiser se redimir, Casagrande deveria abrir mão de todos os fundos e pagar os prejuízos aos empreendedores dos dias do lockdown e dar auxílio estadual aos que vão ficar em casa sem trabalho. Com esse gesto, improvável, amenizaria tantas mentiras cantaroladas aos capixabas.


Fonte: Folha do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.