Folha do ES
Seg, 23 de Mai
Receitas cofril

Home   Política     Denúncia


Cara-De-Pau: Casagrande ataca adversários por atos de corrupção no seu Governo

Cara-De-Pau: Casagrande ataca adversários por atos de corrupção no seu Governo

Em cerimônia oficial defendeu a empresa chinesa que produziu dos maiores escândalos da história do ES, o Caso Pen Drive de R$ 140 milhões, envolvendo o Detran-ES.

  Por Redação

  14.janeiro.2022 às 12:53Atualizado em 15.janeiro.2022 às 15:50

Na cerimônia realizada nesta quinta-feira (13) no Palácio Anchieta, o governador Renato Casagrande (PSB) usou do espaço público para desferir indiretas aos adversários políticos. O evento ocorrido no Salão São Tiago apresentou o polêmico projeto do programa ”Cerco Inteligente” contratado pelo Detran-ES por R$ 139 milhões. O serviço de vídeo monitoramento das rodovias estaduais será oferecido pela empresa chinesa Dahua Technology, acusada de fraudar e oferecer propina de R$ 40 milhões para ganhar o processo.

Falando para uma plateia de aliados políticos e principalmente de servidores comissionados, Casagrande por ilação culpou adversários e empresas concorrentes por ”interesses escusos” nos embargos do processo licitatório do ”Cerco Inteligente”.

Teve opositores políticos com interesse no processo. Claramente algumas pessoas com interesses empresariais, pessoas que não querem que a gente tenha um instrumento para trabalhar com mais eficácia, tentaram nos impedir de colocar para funcionar, mas nós conseguimos.”

Ele não revelou quais adversários e os supostos interesses que teriam para impedir o funcionamento do programa. E não mencionou em seu discurso a série de indícios que corroboram para possível fraude na licitação. Induzindo para opinião pública como subterfúgio e tentando minimizar que é vítima de mera picuinha política e disputa comercial. Transformando descaradamente um escândalo milionário com fortes suspeitas de crimes em narrativa de intriga da oposição.

Embora seja notório o viés dissimula no pronunciamento do governador, parte da imprensa ignorou as evidências e divulgou o engodo aos capixabas como a legítima e verdadeira versão sobre o caso. Na intenção prática de ”varrer a poeira para baixo do tapete”.

Entenda o caso

O jornal FOLHAES recebeu por Correio uma petição de encaminhamento e um pen drive, com suposta prova eletrônica do direcionamento da licitação na ordem de R$ 139 milhões do ”Cerco Inteligente” realizada pelo Detran-ES. O contrato previa a aquisição de um sistema de vídeo monitoramento, com 1.160 câmeras que fariam vigilância das rodovias estaduais.

Os arquivos de mais de 1GB vazaram em um pen drive de dentro da empresa Dahua. As fontes denunciantes são da área comercial da própria empresa chinesa.

Com as provas, o FOLHAES, iniciou a jornada reveladora indicando em matéria jornalística dias antes da licitação o nome da empresa vencedora do contrato. E acerta na mosca! Daí em diante, traz a público o passa a passo do esquema montado pela empresa com a participação de agentes políticos.

No pen drive é apontando o envolvimento da alta cúpula do governo estadual, incluindo o governador Renato Casagrande, com a empresa beneficiada.

A empresa montou todo o processo licitatório e direcionou para que a concorrência foi eliminada. Desta forma, os membros do governo envolvidos receberiam R$ 40 milhões de propina para validar os documentos forjados.

Os links a seguir trazem todo enredo da trama que pode ser o maior esquema de corrupção em um único contrato no Espírito Santo.


LEIA TAMBÉM:

Caso ‘Pen drive’ | Ação do deputado Carlos Von faz Justiça suspender licitação do Detran-ES no valor de R$ 139 milhões com indícios de corrupção

Liminar deferida pelo STF suspende atos que visem à responsabilização de jornalistas por divulgação de suposto esquema de corrupção no ES

Detran acata pedido de MP e suspende licitação de R$ 139 milhões com indícios de fraude no ES

Após suspensão do MP, licitação de 139 milhões do Detran-ES pode ser alvo de CPI na ALES

Pen Drive da propina: novas provas da corrupção envolvendo o alto escalão do Governo do ES

Pen drive mostra e-mails da direção da DAHUA montando a licitação do DETRAN-ES

Escândalo do pen drive: denúncia fala em propina de R$ 40 mi para Casagrande e seu grupo

Pen Drive comprova corrupção na licitação do DETRAN de R$ 139 milhões e envolve governador do ES



Fonte: Opiniao.ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.