Folha do ES
Qui, 9 de Dez
Grupo Gleba

Home   Política     ELEIÇÕES 2022


Eleição 2022: Pré-candidato César Colnago diz que o ES merece mais

Eleição 2022: Pré-candidato César Colnago diz que o ES merece mais

Ele concedeu entrevista à FOLHA DO ES sobre sua pré-candidatura

  Por Redação

  19.novembro.2021 às 15:55Atualizado em 19.novembro.2021 às 21:46

O pré-candidato a governador César Colnago (PSDB) já entra na entrevista com um slogan provocativo: " O Espírito Santo merece mais", numa clara mensagem sobre a insatisfação dos capixabas sobre a gestão do governador Renato Casagrande (PSB), também pré-candidato à reeleição. Ele não economizou críticas à má gestão nas áreas da Educação, Saúde e Segurança Pública.

Simpático à pré-candidatura do governador de SP, João Dória, à Presidência da República, Colnago acredita que o fato do seu partido no Estado ser base aliada da governança do PSB representa retrato deste momento pra trás. "Agora vamos viver um outro momento, de disputa cada qual seu próprio projeto. E o PSDB nacional quer um movimento forte nas eleições capixabas nas eleições majoritárias.

ENTREVISTA

A entrevista concedida aos jornalista Jackson Rangel, o ex-vice-governador , ex-deputado federal e ex-deputado estadual, Colnago admitiu que a pré-candidatura nacional, possivelmente de Dória, dará outro nas narrativas dos pré-candidatos nos Estados Brasileiros. Por outro lado, admite que uma possível inserção do ex-governador Paulo Hartung (sem partido) no processo sucessório provocará uma repaginação na tabuleiro eleitoral de 2022.

"A imagem de Paulo Hartung só ajuda a qualquer grupo político. Ele provou sua capacidade de gestão. Eu fui secretário dele e percebia a forma de gestão com acuidade como tratava a coisa pública. Então, a imagem de Hartung nunca vai atrapalhar e sua entrada muda sim o cenário atual, isso num contexto hipotético, pois ele não se manifesta sobre a sucessão", salienta César Colnago.

Indagado sobre seu slogan em que a gestão em vigência ficam aquém, ele resumiu em dois pontos: diálogo e transparência, sem deixar de mencionar o aumento da pobreza, do feminicídio e da criminalidade, além das desigualdades sociais. Então, O Espírito Santo merece mais, muito mais, por isso estamos colocando o nosso nome à disposição dos capixabas", conclui. Veja a entrevista


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2021 Folha do ES. Todos os direitos reservados.