Folha do ES
Seg, 28 de Nov

Home   Política     Espírito Santo


Denúncia: Prefeitura de Vargem Alta aluga imóvel da família de vereador por R$ 14 mil

Denúncia: Prefeitura de Vargem Alta aluga imóvel da família de vereador por R$ 14 mil

Segundo a justificativa da Prefeitura, o imóvel foi locado para a instalação de diversos setores da administração pública

  Por Redação

  16.agosto.2022 às 13:37Atualizado em 17.agosto.2022 às 17:12

Prefeitura de Vargem Alta publicou no último dia 9 de agosto em Diário Oficial do dia 9 de agosto de 2022 a dispensa de licitação para aluguel do espaço do antigo colégio CECAF, na localidade de Vila Esperança, interior do município.

Segundo a justificativa da Prefeitura, o imóvel foi locado para a instalação de diversos setores da administração pública, sendo eles: Secretaria Municipal de Saúde, INCRA, NAC, Nosso Crédito, IDAF, Fiscalização, Secretaria de Agricultura, Secretaria de Meio Ambiente, Cartório Eleitoral, Ouvidoria, e Fiscalização de Obras.

O valor do referido contrato será de R$ 14 mil (quatorze mil reais) mensais. E o prazo de locação vigorará pelo período de 8 de agosto a 7 de fevereiro de 2023 podendo ser prorrogado.

O contrato chamou atenção da população por alguns motivos: o primeiro pelo alto valor, e de ter sido realizado por meio de dispensa de licitação em detrimento de um chamamento público. Além disso, o espaço alugado pertence a parentes do vereador Célio Hugo Sartori (PSB) que faz parte da base do governo do prefeito Elieser Rabello (MDB).

Por fim a população questiona ainda a distância e a localização do imóvel, que fica localizado no interior do município, prejudicando assim os munícipes que não possuem condições de se deslocar até a referida localidade, sendo certo a existência de diversos imóveis na região central de Vargem Alta que poderiam receber os referidos órgãos públicos.


Fonte: Opinião ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.