Folha do ES
Qua, 12 de Ago
30 anos da FOLHA DO ES

Home   Política     Espírito Santo


Prefeito de Marataízes, Tininho (PDT), é preso, paga fiança e é liberado

Prefeito  de Marataízes, Tininho (PDT), é preso, paga fiança e é liberado

Ele foi alvo da operação porque a empresa de limpeza pública investigada pelo MPES mantém contrato com o município.  Ele foi detido, pagou fiança e foi liberado.

  Por Redação

  09.maio.2019 às 13:11Atualizado em 09.maio.2019 às 14:08

O prefeito de Marataízes, no Sul do Estado, Robertino Batista da Silva, (PDT), o Tininho, foi preso em operação do Ministério Público do Espírito Santo (MPES), porque foi encontrada uma arma sem documentação na casa dele, durante busca e apreensão da Operação Rubi.

Ministério Público Estadual, por meio do Gaeco, que apura o indícios de envolvimento das prefeituras de Marataízes, Piúma, Presidente Kennedy e Jaguaré, em favorecimento licitatório para empresas de coleta de lixo e transporte coletivo.

Ele foi alvo da operação porque a empresa de limpeza pública investigada pelo MPES mantém contrato com o município.

Na mesma operação foram presos a prefeita de Presidente Kennedy, Amanda Quinta (PSDB), o Chefe de Gabinete, Zé Augusto, e outras três pessoas.


Fonte: Folha do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.