Folha do ES
Qui, 17 de Out

Home   Política     Espírito Santo


Ferraço confirma posição do DEM para as eleições de prefeito de Cachoeiro-ES

Ferraço confirma posição do DEM para as eleições de prefeito de Cachoeiro-ES

O deputado estadual, Theodorico Ferraço, afirma que não descarta sua participação direta se não houver entendimento entre os pré-candidatos que pleiteiam a sucessão de Victor Coelho (PSB)

  Por Jackson Rangel Vieira

  26.agosto.2019 às 11:38Atualizado em 26.agosto.2019 às 13:59

Pela primeira vez, hoje, 26, o deputado estadual Theodorico Ferraço (DEM) se manifesta de forma clara sua participação nas eleições para prefeito de Cachoeiro de Itapemirim-ES em 2020. "Primeiro vou ajudar num entendimento entre os pré-candidatos existentes numa união em torno de um projeto de desenvolvimento para o Município. Este movimento começa em janeiro", explica.

Ferraço esclarece que tem conversado com as lideranças políticas e pré-candidatos para o seguinte entendimento: "Aqueles que aderirem, a partir de janeiro se submeterão a pesquisas de opinião pública, sem constar o meu nome e, para isso, não vamos inserir a pergunta espontânea. O melhor posicionado com margem competitiva, poderá ser o candidato do grupo e o segundo colocado até o vice", esclarece.

Por outro lado, o deputado estadual - sempre lembrado nas eleições municipais de Cachoeiro-ES - disse que "caso não haja convergência, mas divisão, então o DEM tem direito democrático de lançar o candidato do partido que pode ser eu ou outro nome da vontade do partido. Precisamos de um perfil que retire Cachoeiro do marasmo e faça o cachoeirense voltar a sorrir", delineou.

"O DEM tem uma promessa excepcional na minha opinião, o seu presidente Diego Libardi, rapaz altamente qualificado e capacitado para assumir essa responsabilidade nas eleições de 2020. Precisamos de uma verdadeira renovação e revolução em Cachoeiro de Itapemirim-ES. Mas, meu nome, como disse Amaral, estará à disposição se nada disso que estamos projetando der certo", pondera.

O deputado listou os nomes que se manifestaram para ele vontade de disputar a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim e que foram convidados a ingressar nesse movimento: Fayda Bello (PP); Jonas Nogueira (PSL); Brumo Ramos (PMN); Renata Fiorio (PSD); Cláudia Lemos (PRB); Alexandre Bastos (confirmou que o vereador tem vontade de disputar e que foi convidado para ingressar no DEM); e Diego Libardi (DEM)- que fará parte da relação dos nomes para as pesquisas de critério de escolha. Outros poderão chegar ou aparecerem. Só entrarão na lista aqueles que assinarem este compromisso. Até o prefeito Victor Coelho pode entrar. O movimento está aberto a todos, mas quem vai decidir vai ser o eleitor", frisa.

Ferraço assinala que as pesquisas vão começar a partir de janeiro. "Numa suposição, diz: de 10 pré-candidatos, de acordo com as amostragens, ficam os cinco primeiros. Quem não não figurar no TOP 5 precisa concordar. E dos cinco, vamos chegar a dois ou a um. Este é o entendimento. Não vou constar, porque não quero fazer sombra a nenhuma liderança. Será uma decisão dos pré-candidatos em combinação com a sociedade", detalha sua ideia para o processo eleitoral.

Sobre a manifestação antecipada do governador Renato Casagrande (PSB) de estabelecer a definição pela reeleição do prefeito Victor Coelho, seu correligionário, Ferraço disse que "acha perfeitamente democrático, mas quem vai escolher será o povo de Cachoeiro de Itapemirim. Não existe candidato por indicação, por isso preferimos esse movimento de união com deferência dos eleitores", conclui


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.