Folha do ES
Dom, 8 de Dez

Home   Política     Espírito Santo


Movimento popular acua vereadores de LInhares dentro da Câmara

Movimento popular acua vereadores de LInhares dentro da Câmara

Vereadores queriam aumentar seus salários. Voltaram atrás por causa da pressão popular

  Por Redação

  18.novembro.2019 às 22:42Atualizado em 18.novembro.2019 às 23:26

Vereadores de Linhares, Município do Norte do Espírito Santo, ficaram hoje, 18, horas acuados dentro daquela Casa de Leis em decorrência de protesto de centenas de pessoas contra o aumento de seus próprio salários, aprovado em recente sessão.

O movimento popular agregou grande quantidade de pessoas contra o aumento de salário votado pelos parlamentares de R$ 6,1 mil para R$ 10,9 mil. Com gritos de ordem, os vereadores não tiveram como sair após a sessão. A pressão popular se instalou dentro e fora da sede da Câmara. O Instituto Liberal do Espírito Santo (Iles) fez a convocação da sociedade linharense.

O ato dos vereadores está sendo considerado vergonhoso e escandaloso. Uma multidão obrigaram os parlamentares desistirem da ideia anômala e disforme da realidade do País. Esses vereadores terão dificuldade da reeleição, mesmo voltando atrás.

Veja votos e vídeos do movimento vitorioso:


NOTA À IMPRENSA DA CÂMARA DE VEREADORES DE LINHARES

A Câmara Municipal de Linhares reafirma a legalidade e legitimidade do Projeto de Lei nº 4.521/2019, que fixa o subsídio dos Vereadores para a próxima legislatura, em 2021.

No entanto, sensível às manifestações populares, após ouvir os principais segmentos da sociedade e consciente de seu papel perante a comunidade linharense, a Câmara Municipal, por meio de seus membros, decidiu tornar sem efeito o referido Projeto de Lei, e apresentar nova proposição para discussão e deliberação do Plenário da Câmara.

O novo projeto renuncia à recomposição dos últimos 11 (onze) anos de perda inflacionária, em torno de 78%, e passa a recompor o valor do subsídio diante da inflação acumulada nos últimos 05 (cinco) anos, o que corresponde ao percentual de 27,6% (vinte e sete vírgula seis por cento), uma média de 5,5% ao ano.

Desta forma, o novo Projeto de Lei fixa o valor do subsídio aos vereadores do Município em R$ 7.900,84 (sete mil, novecentos reais, oitenta e quatro centavos) a partir de 2021.

A Câmara Municipal de Linhares, mais uma vez reafirma seu compromisso com a transparência de seus atos e com a população de Linhares, e convida a todos para a Sessão Ordinária desta segunda-feira, dia 18 de novembro.

Ricardo Bonomo Vasconcelos – Presidente da Câmara Municipal de Linhares



Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.