Folha do ES
Ter, 29 de Set

Home   Política     Espírito Santo


Governo trabalha para avançar no Ranking de Competitividade dos Estados

Governo trabalha para avançar no Ranking de Competitividade dos Estados

O lançamento da próxima edição do Ranking de Competitividade dos Estados está previsto para setembro deste ano, com base em dados de 2019.

  Por Redação

  12.fevereiro.2020 às 17:11

O Governo do Espírito Santo trabalha para subir de posição no Ranking de Competitividade dos Estados com uma gestão orientada para resultados. Por isso, nesta quarta-feira (12), o governador do Estado, Renato Casagrande, recebeu secretários de Estado, dirigentes de órgãos e representantes da CLP Lideranças Públicas (organização sem fins lucrativos responsável pela elaboração do ranking) para discutir os desafios da administração estadual.

Confiante no trabalho para a melhoria do índice, o governador Casagrande aponta a inovação como um objetivo estratégico do Governo: “Tenho certeza que nos quatro anos vamos alcançar uma melhor posição. Na Educação, temos um pacto pela aprendizagem em conjunto com os municípios, e na governança fazemos o debate com os outros poderes. A inovação é um setor em que precisamos de uma maior participação do setor privado. A CLP é uma referência para nós e usamos os dados para melhorar o nosso trabalho aos capixabas”.

O Ranking de Competitividade dos Estados é composto por dez pilares: infraestrutura; sustentabilidade social; segurança pública; educação; solidez fiscal; eficiência da máquina pública; capital humano; sustentabilidade; potencial de mercado; e inovação. Em 2019, com base nos dados de 2018, o Espírito Santo conquistou a sexta posição, com nota de 62,4. A média nacional foi de 49,3 e em primeiro lugar ficou São Paulo, com 87,4 pontos. O lançamento da próxima edição do Ranking de Competitividade dos Estados está previsto para setembro deste ano, com base em dados de 2019.

Nas pontuações de cada um dos pilares, o Espírito Santo figura entre as primeiras posições em eficiência da máquina pública; sustentabilidade ambiental; educação; infraestrutura; sustentabilidade social e segurança pública, além de solidez fiscal. Não por acaso, o Estado é o único do país com nota A do Tesouro Nacional, uma performance mantida desde a primeira gestão do governador Casagrande, iniciada em 2012.

Resultados

Com uma gestão voltada para resultados, desde 2019 o Governo faz o monitoramento e a avaliação de indicadores de suas políticas públicas, visando aos benefícios que geram para a sociedade.

Para o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, o Ranking de Competitividade é uma importante iniciativa para compreensão dos avanços e desafios dos entes nacionais nos dez eixos monitorados: “O Espírito Santo possui um robusto programa de monitoramento e gestão estratégica com foco em resultados, o Realiza+, e neste ano iremos agregar mais uma ferramenta gestão que é o Painel de Indicadores que será lançado em maio”, disse.

O Painel de Indicadores será lançado pela Secretaria de Economia e Planejamento (SEP), em parceria com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), e permitirá o acompanhamento sistemático dos dados pela alta gestão - governador e secretários das pastas.

O painel faz parte do Realiza+, que gerencia e monitora as ações estratégicas da administração estadual, buscando ampliar a capacidade do Governo do Estado de executar programas e projetos estratégicos e entregar resultados à sociedade capixaba.


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2020 Folha do ES. Todos os direitos reservados.